Itaú rejeita acusação de prática de preço predatório pela Rede

preço predatório

Itaú rejeita acusação de prática de preço predatório pela Rede. A credenciadora de cartões Rede, que pertence ao banco Itaú, rejeitou, nesta quarta-feira, as acusações de estaria praticando preço predatório, venda casada ou subsídios cruzados.

Leia agora:

Confira se você tem direito a receber o saldo do FGTS Inativo em 2019.

Ministério Público: Nubank teria sido vítima de extorsão em caso de dados vazados.

Posso abrir Conta Fácil da Caixa com o nome sujo no SPC e Serasa?

Itaú rejeita acusação de prática de preço predatório pela Rede

A manifestação foi motivada depois da Abipag, entidade que representa algumas empresas do setor, ter divulgado “informações infundadas” a respeito da nova política comercial da companhia, afirmou, em comunicado, a Rede.

O presidente da Abipag é diretor comercial da Stone. As ações da empresa caíram bastante após a Rede anunciar que ia zerar as taxas sobre a antecipação de recebíveis.

Depois disso, outras empresas do setor, como PagSeguro e SafraPay, também anunciaram reduções ou isenções de tarifas em algumas transações.

Venda casada?

A rede, em nota, afirmou que, pela legislação do país, a sua oferta não se caracteriza uma venda casada, que trata-se de uma oferta de um determinado benefício desde que o cliente compre outro produto ou serviço.

“Não há qualquer prática predatória, uma vez que a Rede permanecerá uma empresa saudável e rentável mesmo considerando os custos associados à oferta de tal condição diferenciada. Não será necessário um eventual reajuste do MDR (taxa por operação) ou de quaisquer outras taxas praticadas com nossos clientes para uma suposta compensação da condição diferenciada oferecida”, diz o comunicado.

A Rede ainda afirmou que adotou a iniciativa de acordo com as práticas internacionais do setor. Além disso, disse que os concorrentes anunciaram condições semelhantes logo após a divulgação.

E você? Acha que houve preço predatório ou venda casada? Comente logo abaixo.

Enfim, gostou da notícia?

Então, nos siga em nossas redes sociais como o FacebookTwitter, Instagram. Assim, acompanhe nossas notícias sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, financiamentos, empréstimos e tudo relacionado ao assunto de fintechs.

Sobre o autor Ver Posts Author website

Luiz Felipe Kessler

Graduado em Administração de Empresas pela UFRGS.

Entusiasta de fintechs e tudo o que a tecnologia proporciona de facilidades em nossas vidas.

Fundador dos sites Seu Crédito Digital, Conexão Estudante e do Optclean Tecnologia.

Comentários no Facebook