Duas medidas adotadas pelo Itaú Unibanco em benefício dos clientes, motivadas pelos impactos da covid-19, vão ser prorrogadas. Uma delas se refere ao vencimento dos pontos acumulados nos programas de fidelidade mantidos pelo banco. Ou seja, a pontuação que expiraria entre abril e o próximo mês continuará disponível até 31 de julho de 2020. Além disso, até a mesma data, os clientes terão a opção de abater parte do valor de sua fatura do cartão de crédito mediante a troca de pontos.

É provável que você também goste:

Sofisa Direto prorroga oferta de CDB com liquidez diária a 110% do CDI.

Banco Carrefour recebe autorização do Bacen para começar a operar como banco múltiplo

Quem tem cartão de crédito pode gerar cartão de débito virtual do Nubank?

Limpou o nome e não consegue crédito? Por que o score demora para subir?

Itaú Unibanco prorroga vencimento dos pontos e amplia ação de troca por crédito na fatura

“Certas formas de consumo continuam inviáveis, especialmente na área de Viagens e Turismo, que é muito valorizada por quem junta pontos em nossos programas de fidelidade. Para contornar essa situação, estamos dedicados a buscar soluções para preservar a pontuação dos nossos clientes e, no curto prazo, dar a eles novas alternativas para a troca dos pontos”, afirma Carlos Formigari, diretor do Itaú Unibanco.

Ademais, a condição que estende a validade dos pontos será aplicada automaticamente, sem que a pessoa precise entrar em contato com o Itaú para aderir. Já a troca deles por crédito na fatura do cartão deve ser solicitada exclusivamente pelo seguinte endereço, por meio de um computador. Por fim, cabe ressaltar que os clientes podem resgatar a partir de 500 até 125 mil pontos para obter o crédito (podendo chegar a R$ 1.500), que será disponibilizado em sua conta em até 5 dias.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem: Tattoboo via shutterstock