Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Justiça condena BB a restituir idosa que perdeu R$ 60 mil em golpe

0

O Banco do Brasil foi condenado pela 4ª Vara Cível de Santos, em São Paulo, a indenizar uma professora aposentada que foi vítima de um golpe bancário. 

Ao UOL, Inazuma Azevedo Nóbrega contou que teve um prejuízo de R$ 60 mil. A justiça ainda não definiu o valor da restituição financeira com base no que a idosa perdeu. 

É provável que você também goste:

Atenção: golpistas usam perfis falsos de hotéis e pousadas para ganhar dinheiro

Golpe da empresa fantasma: conheça o novo golpe atrelado ao iFood

Como ocorreu o golpe?

O golpe ocorreu em julho de 2021. Na ação, uma falsa funcionária do banco comunicou ao filho da professora aposentada, que é autorizado a acessar os rendimentos da mãe, sobre uma tentativa de invasão na conta da idosa. 

A criminosa, por meio de canais de comunicação similares aos do BB e com acesso a dados privilegiados, passou várias ações que precisariam ser realizadas por mãe e filho, que não desconfiaram de nada.

A idosa só se deu conta de que tinha ocorrido um golpe quando foi em uma farmácia e teve suas compras negadas pelo fato de não haver saldo suficiente. 

Acessando o internet banking do banco, Inazeli pode descobrir a existência de transferências, pagamento de títulos bancários e até mesmo empréstimo, tudo isso em seu nome. A vítima, então, decidiu prestar queixa contra o Banco do Brasil. 

Houve falha do banco em relação ao golpe?

Do ponto de vista do juiz Frederico dos Santos Messias, da 4ª Vara Cível de Santos, o Banco do Brasil falhou em segurança.

Após analisar as provas, o juiz condenou o BB a restituir a idosa pela quantia perdida por ela e também pagar uma indenização por dano moral. 

De acordo com a decisão, a instituição deveria ter percebido as transações atípicas, pelo fato da vítima ser correntista há um longo tempo e possuir um perfil de movimentações padronizado.

Ademais, o juiz também pontua que o erro na parte de segurança do banco foi decisivo para que o golpe ocorresse e que, dessa forma, a culpa não seria exclusivamente da professora aposentada.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: Alison Nunes Calazans / Shutterstock.com

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar