Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Lula assina nova lei do cartão de crédito que salva aposentados e trabalhadores

Lula assina lei que protege trabalhadores e aposentados contra altos juros e taxas de cartão de crédito. Saiba mais sobre os benefícios

Recentemente, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) assinou uma nova lei que visa proteger os trabalhadores e aposentados contra os altos juros e taxas cobrados pelos bancos em cartões de crédito. Assim, essa medida representa um marco na luta contra o endividamento da população brasileira e trará diversos benefícios para os consumidores.

Dessa forma, a nova lei impõe um limite para os juros e taxas cobrados pelos bancos em cartões de crédito. Isso significa que os consumidores não serão mais explorados por tarifas abusivas e terão mais controle sobre suas finanças. Veja mais detalhes da iniciativa!

Limite do valor da dívida do cartão de crédito

Além disso, a lei também estabelece um limite para o valor da dívida que pode ser cobrada em caso de parcelamento do saldo devedor. Assim, essa medida visa evitar que os consumidores fiquem presos em um ciclo de endividamento sem fim.

Veja também:

Maximizando o Imposto de Renda: declarando dependentes corretamente

Ademais, outra importante novidade é a possibilidade de transferir o saldo devedor para outro banco que ofereça melhores condições de pagamento. Isso permitirá que os consumidores comparem as taxas de juros e escolham a opção mais vantajosa para suas necessidades.

Vários cartões de crédito em forma de leque.
Imagem: Theethawat Bootmata / shutterstock.com

Vigência da lei

Enfim, a nova lei do cartão de crédito entra em vigor em 1º de julho de 2024. Dessa forma, a partir dessa data, os consumidores já poderão usufruir dos seus benefícios. Por fim, confira os principais pontos da nova lei do cartão de crédito:

  • Limite de juros e taxas de cartão de crédito;
  • Limite do valor da dívida em caso de parcelamento;
  • Possibilidade de transferir o saldo devedor para outro banco;
  • Vigência a partir de 1º de julho de 2024.

Em suma, a nova lei do cartão de crédito é um passo significativo na luta contra o endividamento e representa uma vitória para os direitos dos consumidores no Brasil. Com essas mudanças, espera-se que mais brasileiros possam gerenciar suas finanças de maneira mais eficaz e justa.

Imagem: Theethawat Bootmata / shutterstock.com