Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Lula libera saque superior a R$ 6 mil do FGTS que estava preso; veja se pode receber

Liberação do saque FGTS acima de R$ 6 mil por Lula: descubra se você tem direito agora! Consulte seu saldo.

A recente autorização do Governo Federal para a liberação do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) trouxe um alívio significativo para os moradores de municípios do Rio Grande do Sul atingidos pelas severas enchentes. A medida, focada nas áreas declaradas em estado de calamidade pública ou emergência, possibilita o saque de valores que podem ultrapassar R$ 6 mil.

O FGTS é um fundo criado para ser uma reserva financeira para o trabalhador brasileiro. Assim, em circunstâncias normais, o acesso a este recurso é limitado a casos específicos como aposentadoria, compra da casa própria ou demissão sem justa causa. Contudo, eventos extraordinários como catástrofes naturais também habilitam saques específicos para auxiliar financeiramente os afetados.

Como funciona o saque em caso de calamidades?

Cofre de porquinho, calculadora, caneta e celular com logo do FGTS
Imagem: rafastockbr / Shutterstock.com

Para os cidadãos do Rio Grande do Sul afetados pelas enchentes, o processo de saque foi simplificado para garantir um acesso rápido e eficiente aos recursos. O procedimento inicia-se com o download do aplicativo do FGTS, que está disponível gratuitamente. Dessa forma, após instalar o aplicativo, o usuário deve fazer login com sua conta Gov.BR.

Passos para realizar o saque

  • Acesse e baixe o aplicativo do FGTS;
  • Realize login utilizando sua conta Gov.BR;
  • Selecione a opção de saque por calamidade;
  • Anexe os documentos necessários, como comprovante de residência e documentos pessoais;
  • Indique uma conta bancária para depósito;
  • Aguarde até cinco dias úteis para o depósito ser efetuado.

Informações sobre o saque do FGTS

Além disso, é importante destacar que, uma vez sendo aprovada, a retirada do saldo do FGTS não impõe restrições sobre o uso dos recursos. Outrossim, os beneficiados podem utilizar o valor para reconstrução de suas residências, compra de bens essenciais ou qualquer outra necessidade emergencial surgida em decorrência das enchentes.

Veja também:

Corra: promoção do Bradesco contempla cartões Black e Infinite com anuidade grátis vitalícia

Essa iniciativa do governo vem reforçar o compromisso em providenciar não apenas o apoio emergencial, mas também a retomada da estabilidade dos cidadãos que sofreram com as adversidades climáticas extremas. Assim, a comunidade brasileira continua a demonstrar sua resiliência e capacidade de superação diante de desafios significativos.

Imagem: Isaac Fontana / shutterstock.com