Rodrigo Maia quer manter auxílio emergencial em R$ 600 e pede urgência para prorrogação. O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou ontem (20), que é a favor da prorrogação do pagamento do auxílio emergencial. O benefício é destinado a trabalhadores informais e famílias de baixa renda, que tem o objetivo diminuir os impactos da pandemia do novo coronavírus.

É provável que você também goste:

Confira 5 vantagens do cartão de crédito sem anuidade Pan Méliuz.

Calendário do auxílio emergencial pode sair essa semana.

Erro no Caixa tem: confira o que fazer quando o app não está funcionando.

Rodrigo Maia quer manter auxílio emergencial em R$ 600 e pede urgência para prorrogação

“A todos que me perguntam sobre o auxílio emergencial: sou a favor da prorrogação do auxílio de R$ 600 por mais dois ou três meses”, afirmou Maia na sua conta no do Twitter.

Segundo Maia, os indicadores apontam para uma forte queda da atividade econômica no terceiro trimestre do ano. Ele ainda disse acreditar que o prolongamento do plano de ajuda conta com o apoio da maioria dos parlamentares. “Manter esta ajuda é premente. O governo não pode esperar mais para prorrogar o auxílio. A ajuda é urgente e é agora”, afirmou.

Caso haja a prorrogação do auxílio emergencial por mais dois meses, por exemplo, o custo do programa deverá ser elevado a R$ 203 bilhões, segundo o secretário especial de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues. No entanto, a equipe econômica estuda o pagmaento de suas parcelas extras de R$ 300 cada (R$ 600 para mães solteiras)

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem: Brenda Rocha/shutterstock.