O app Caixa Tem, criado pela Caixa Econômica Federal para facilitar o acesso ao Auxílio Emergencial e outros benefícios, tem sido acessado por milhares de pessoas todos os dias. O objetivo, com o app Caixa Tem, era facilitar as transações e transferências, além de se tornar uma maneira de fazer uso do dinheiro sem precisar, necessariamente, fazer o saque. Isso ocorre pois o App Caixa Tem permite que os beneficiários façam as transferências e até mesmo façam uso do dinheiro via pagamentos QR Code, sem necessidade de se deslocar até um agência física da Caixa.

Entretanto, o app Caixa Tem, apesar de eficiente, tem apresentado alguns erros. Os erros ocorrem, principalmente, devido ao grande número de acessos simultâneos ao aplicativo da Caixa para Android e iPhone (iOS). Dessa forma, apesar de facilitar as transações bancárias do Auxílio Emergencial para aqueles que receberam o pagamento por meio da Poupança Social Digital, o app Caixa Tem também costuma ficar sobrecarregado. Com isso, podem ser exibidas algumas mensagens de erro durante período de muita atividade de usuários, o que pode indicar instabilidade no sistema.

Para auxiliar você a identificar esses problemas e saber o que fazer caso eles ocorrem, nós criamos este artigo. A seguir, falaremos sobre algumas das mensagens de erro mais comuns no app Caixa Tem, explicando o porquê cada uma delas aparece e sugerindo algumas soluções práticas que podem ajudar a resolver o problema. Então, continue lendo, confira os principais erros do app Caixa Tem e saiba como resolvê-los.

É provável que você também goste:

Quem tem o nome sujo no SPC/SERASA pode fazer um empréstimo consignado?

Descubra 15 mitos e verdades sobre o nome sujo no SPC/SERASA

Nubank: cliente é impedida de abrir conta por já existir conta criada por golpista.

Entenda o app Caixa Tem

Antes de começar a falar dos problemas, é importante que você entenda o que é o app Caixa Tem. O aplicativo, criado pela Caixa, existe para facilitar o acesso de todos os brasileiros a serviços sociais e diversas transações bancárias. O aplicativo está disponível para download nas lojas Android e iOS, de forma gratuita. Entre suas principais funcionalidades, é possível acessar informações sobre o Auxílio Emergencial, benefícios e programas sociais, além de informações ao trabalhador como FGTS, Abono Salarial do PIS e Seguro-Desemprego.

Além disso, como já explicamos, com o app Caixa Tem é possível fazer compras na internet através do Cartão de Débito Virtual, que pode ser gerado de forma gratuita no próprio aplicativo. Também é possível fazer compras em lojas físicas por meio do QR Code gerado pelo logista na própria maquininha do estabelecimento. Tudo para evitar a necessidade de saque do valor, evitando também aglomerações durante a pandemia.

Os 5 principais erros do app Caixa Tem

Agora, falaremos sobre os principais erros do app Caixa Tem e o que fazer quando cada um ocorrer. Com certeza isso ajudará você a facilitar o uso do aplicativo. Portanto, começaremos com um dos erros mais comuns, a sala de espera do Caixa Tem, para a qual algumas pessoas são direcionadas no primeiro acesso. Depois falaremos dos outros erros mais recorrentes. Então, vamos começar.

Sala de espera no app Caixa Tem: o que isso significa?

O primeiro erro comum no app Caixa Tem é referente a sala de espera. Na verdade, a sala de espera virtual do app Caixa Tem não é um erro em si, mas uma forma de não sobrecarregar a plataforma devido ao grande número de acessos simultâneos. Entretanto, é um problema caso você queira ter acesso rápido ao dinheiro. Dessa forma, ao utilizar o aplicativo, principalmente nos horários de pico, a sala de espera é exibida, controlando o número de usuários ativos na plataforma.

Infelizmente, no caso desse primeiro problema a resposta é apenas esperar. Na página de acesso, é possível verificar o tempo previsto para utilizar o aplicativo. Além disso, o app Caixa Tem permite que você minimize a tela para usar outros aplicativos do celular. Isso mantém você na fila, permite que continue usando o celular, e evita que você perca a sua vez. Ou seja, apesar de precisar esperar, é recomendado seguir esse procedimento, mantendo seu lugar na fila. Em média, a fila de espera não dura mais do que alguns minutos. Por isso, basta ter um pouco de paciência.

“Nenhum conversa encontrada”

Esse é outro erro bastante comum no app Caixa Tem. A mensagem de erro “Nenhuma conversa encontrada” costuma aparecer quando o aplicativo passa por alguns problemas. Essa instabilidade, em geral, ocorre devido ao alto número de acessos simultâneos no aplicativo, assim como o primeiro problema comentado na lista. Além disso, também é possível que o app esteja passando por falhas no desenvolvimento do software, que costumam ser resolvidos em breve.

Assim, se o erro for realmente alguma falha de desenvolvimento, o ideal é esperar até o problema ser resolvido. Por isso, é importante manter seu app Caixa Tem sempre atualizado. Essa é uma forma de resolver o problema na maior parte da vezes. Outra dica é evitar horários de pico de acessos. Para isso, acesso o aplicativo em horários menos movimentados. Em geral, esses horários são antes das 8h e depois das 20h.

Mensagem “Serviço de pagamento indisponível no momento”

A terceira mensagem de erro comum no app Caixa Tem é “Serviço de pagamento indisponível no momento”. Essa mensagem aparece logo após a tentativa de efetuar pagamentos de boletos no Caixa Tem. Em geral, ela surge quando a plataforma encontra-se indisponível ou até mesmo fora do ar. Assim, é importante saber reconhecer se o problema está no aplicativo e não em outras coisas, como uma conexão de internet fraca, por exemplo.

Dessa forma, caso o aplicativo apresente erros e falhas constantes como essa, cheque as conexões de Internet, reinicie seu celular e tente acessar o app Caixa Tem novamente. Se o problema persistir, pesquise em outros canais se a falha é geral e se a mensagem de erro também aparece para outros usuários. Serviços como o Google Trends e redes sociais como o Twitter podem ser úteis nessa pesquisa. Por fim, lembre-se também de manter o app Caixa Tem sempre atualizado, garantindo que as falhas sejam corrigidas.

“Não foi possível cadastrar o dispositivo”

Esse erro costuma aparecer no seu primeiro acesso ao app Caixa Tem. A mensagem “Não foi possível cadastrar o dispositivo” ocorre, principalmente, quando o servidor enfrenta um grande número de acessos simultâneos. Aqui, o recomendado é esperar que o número de acessos diminua, uma vez que o serviços deve começar a apresentar erros quando o número é superior ao que o sistema suporta. Por isso, vale lembrar da dica de utilizar o aplicativo em horários de menor movimentação, que, conforme já informamos, ocorrem antes das 8h da manhã e após as 20h.

Por fim, o aviso “Aplicativo desativado: favor atualizar seu aplicativo”

Então, chegamos ao último erro bastante comum no app Caixa Tem, apesar de não ser tão frequente. A mensagem “Aplicativo desativado” aparece quando há uma nova versão do Caixa Tem disponível. Isso significa que o seu aplicativo atual encontra-se desatualizado. Isso ocorreu bastante nos últimos meses, uma vez que o app Caixa Tem passa por muitas mudanças e atualizações, incluindo novos recursos e também aumentando a permissão de usuários ativos simultaneamente.

Dessa forma, para manter suas funções sempre ativas e evitar essa mensagem de erro, faça atualizações constantes. Uma forma de evitar o problema é entrar na loja de aplicativos do seu celular e ativar a função “atualização automática”, que pode ser configurada para valer apenas para o app Caixa Tem. Assim, além de evitar esse problema, você pode evitar a maior parte dos erros listados ao longo desta lista.

E então, o que achou das nossas dicas? Apesar de as soluções para esses problemas serem simples, como atualizar seu aplicativo ou verificar conexões de rede, também existem casos em que o ideal é esperar. Entretanto, conhecer cada um dos erros e o que eles representam ajudam muito a não perder tempo pesquisando o problema e a saber o que fazer a seguir. Caso tenha gostado desse conteúdo, compartilhe-o com pessoas que também possuam achá-lo útil!

Enfim, gostou da matéria?

Então, siga o nosso canal do YouTube, e nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, empréstimos e matérias relacionadas ao assunto de fintechs.

Imagem: Antonio Salaverry via shutterstock