Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Mercado Livre decide alterar benefício após Disney+ aumentar preço da assinatura; saiba mais

Mercado Livre irá alterar o benefício para os assinantes do Meli+ após a fusão dos streamings Disney+ e Star+. Entenda!

A partir de 1º de julho, o Mercado Livre promoverá alterações em sua assinatura do Meli+, especialmente para aqueles que usufruem do combo de streamings Disney+ e Star+. Logo, os usuários passarão a ter acesso gratuito ao plano padrão do Disney+, que inclui anúncios.

Logo, quem preferir continuar com uma experiência livre de interrupções comerciais poderão optar pelo Disney+ Premium, embora esta escolha envolva custos adicionais. Continue a leitura para mais informações!

Mercado Livre altera benefício a partir da fusão dos streamings

Mão segurando celular com a logo do Mercado Livre na tela
Imagem: rafapress / shutterstock.com

Embora os preços específicos para a transição ainda não tenham sido anunciados, o panorama geral dos custos foi atualizado recentemente após a fusåo do Disney+ com o Star+. Assim, o plano Padrão do Disney+ que anteriormente custava R$ 33,90 mensal e R$ 279,90 anual, agora saltará para R$ 43,90 mensais e R$ 368,90 anuais.

Por sua vez, a opção Premium terá seu custo elevado para R$ 62,90 mensais e R$ 527,90 anuais. Com o anúncio da extinção do plano Combo+, que englobava Disney+ e Star+, surge um novo panorama para os assinantes, especialmente para os que assinam o Meli+ do Mercado Livre.

Até o dia 24 de julho, a plataforma Star+ estará acessível. Porém, após esta data, todo o conteúdo irá migrar exclusivamente para o Disney+. A medida visa unificar as experiências e simplificar o acesso aos conteúdos. Eles incluem não apenas filmes e séries, mas também esportes populares por meio da ESPN.

Saiba mais sobre a fusão

Além dessas novidades de preço que incluem os assinantes do serviço do Mercado Livre, a janela de junho também marcará o início de uma política mais restrita. Logo, não será mais possível compartilhar senhas no Disney+.

Veja também:

Planos de saúde vão reestabelecer contratos cancelados; saiba mais

Portanto, esta nova regra limitará seu uso aos dispositivos dentro de uma mesma residência. Detalhes sobre preços e gestão de “Membros Extras” ainda terão seus anúncios, sinalizando mudanças na forma como os usuários gerenciarão suas contas.

Imagem: rafapress / shutterstock.com