Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Mercado Pago se prepara para sair na frente com parcelamento via Pix

0

O Pix é um verdadeiro sucesso do Banco Central (BC). Em suma, algumas soluções de crédito como o Pix Garantido aguardam o lançamento. Enquanto isso, algumas instituições e demais intermediários aproveitam para tentar garantir parcerias e antecipar esses fluxos. É o exemplo do Mercado Pago, que firmou parcerias com as redes de farmácia e outros varejistas, para a integração do Pix na plataforma. Confira abaixo, todos os detalhes. 

Pix proibido em SP? Deputado quer acabar com a “tentação do bandido”

Mercado Pago se prepara para sair na frente com parcelamento via Pix

Em suma, a Drogaria SP e a Drogaria Pacheco passaram a receber dos seus consumidores, os pagamentos em Pix, através do Mercado Pago. Além desses, a Decathlon, e as redes de fast food, como o BK, a Madero e o McDonalds também aceitam o Pix dessa forma. 

Seja membro

Além da atenção às drogarias e os varejistas de moda, o Mercado Pago desejar ofertar ao usuário, a possibilidade de pagar a prazo, por meio do Pix. Entretanto, essa modalidade tem uma taxa de juros. A escolha dos setores de vestuário e saúde para testar a iniciativa, ocorre devido ao tíquete médio mais alto, e consequentemente, maior preferência do cliente pelo parcelamento. 

De acordo com explica Rodrigo Furiato, diretor de carteira digital do Mercado Pago “A gente já tem essa solução em outros fluxos, como na recarga de celular e na própria compra do Mercado Livre. Nossa carteira de crédito para consumidores cresceu muito recentemente. Agora queremos oferecer essa possibilidade para compras de maior valor, como em farmácias e no varejo de moda”.

Para estimular a adesão do Pix por grandes redes, a mesmo PMEs, o Pix tem criado ações de desconto, via cupons, que levam usuários aos sites e apps destes negócios parceiros. Com relação à taxa de juros na modalidade do Pix à prazo, o Mercado Pago afirma que varia de acordo com o valor da venda. Além disso, o score de risco do cliente também influencia. 

Por fim, pelo lado das varejistas, o Mercado Pago cobra “taxas competitivas”. Além disso, também avalia o tamanho do negócio na hora de estabelecer o parcelamento via Pix.

Enfim, gostou da matéria?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: site / mercadopago.com.br

Comentários do Facebook

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.