Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Monkey Exchange anuncia ex-Itaú e Stone como Head de Produtos de Payments

Ex-Stone chega à fintech para lançar 4 produtos financeiros ainda em 2021.

0

A Monkey Exchange, fintech que oferece diversos produtos financeiros para as empresas, acaba de anunciar Leonardo Lanna como o novo Head de Produtos de Payments. O profissional chega à fintech para cuidar da plataforma Spike, solução que aproxima PMEs e instituições financeiras em uma só rede para a antecipação de pagamentos via cartão de crédito.

Lanna tem formação em Economia e Direito, e possui mais de 10 anos de experiência no mercado financeiro. Com passagem por empresas como a Stone, Banco Itaú, BV e Santander, seu objetivo na Monkey é lançar 4 produtos até o final do ano: infraestrutura para bancos e adquirentes, o marketplace Spike, Spike Pay e o Spike Services.

Leonardo Lanna
Imagem: Leonardo Lanna (Monkey Exchange / divulgação).

De acordo com o executivo, o mercado está passando por mudanças de paradigmas e só os descontos oferecidos nas maquininhas não são mais um diferencial para as empresas.  “O mercado precisa de uma prateleira de produtos / serviços para os ECs / merchants, e com o Spike teremos tudo isso em muito pouco tempo. Esse vai ser o diferencial competitivo para o sucesso dessa nova empreitada da Monkey/Spike”, ressalta o BizProd & Innovation da empresa.

Sobre a Monkey Exchange

A Monkey Exchange é uma plataforma de produtos e serviços financeiros que foi criada em 2016 por Gustavo Muller (CEO), Bruno Oliveira (COO) e Felipe Adorno (CTO). A startup atua com controle de processo, leilão reverso com vantagens, white label funcional e supply chain finance e gerencia o Spike, ferramenta que tem como objetivo oferecer aos estabelecimentos comerciais as melhores condições de antecipação das suas respectivas agendas de cartão de crédito. Possui como clientes mais de 55 grandes empresas, incluindo Fiat Chrysler, Gerdau, Saint-Gobain, GRSA e Usiminas, por exemplo. A fintech tem como investidores a Wayra, hub de inovação aberta da Vivo no Brasil, o fundo Corporate Venture Capital do Itaú e o fundo americano Quona. Se você quiser saber mais sobre a Monkey Exchange, então acesse esse site.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o FacebookTwitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: site da Monkey Exchange.

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar

Fechar