Muitos consumidores não entendem o motivo de não conseguir crédito no mercado, e, além disso, não aumentar o seu score de crédito. Além de, obviamente, limpar o seu nome e pagar suas contas em dia, é imprescindível você estar sempre com os dados atualizados. Confira os principais motivos que fazem você não ser aprovado na análise de crédito.

É provável que você também goste:

Justiça não vai obrigar Banco do Brasil a reexibir comercial.

É possível pedir aumento de limite temporário do Nubank.

Volkswagen oferece em junho toda a linha de carros sem cobrar parcelas por 12 meses.

Motivos de você não ser aprovado na análise de crédito

A importância das informações

Para subsidiar a análise de crédito, as instituição financeiras usam a ficha cadastral, que é o conjunto de informações financeiras e não financeiras, que tem a função de avaliar a capacidade de uma pessoa (física ou jurídica) operar em crédito e de conceder garantias para operações de crédito.

Exemplos de dados coletados:

Dados pessoais e profissionais, dados do cônjuge, fontes de referência, bens patrimoniais, seguros, participações em empresas, entre outros.

Restrições financeiras

Restrições financeiras são as informações que podem indicar a existência de impedimentos, alertas ou desabonos sobre uma empresa ou pessoa física.

Normalmente, essas informações são obtidas por meio de consultas às seguintes fontes:

  • Serasa/Experian – protestos, falências, concordatas, ações, executivas, cheques sem fundos, etc.
  • SPC – atrasos no comércio;
  • Própria instituição – créditos em atraso, problemas no passado, etc.

As instituições financeiras têm a necessidade de rentabilizar o seu negócio. Mas, para isso, precisam de uma análise criteriosa do histórico de crédito dos clientes. Até porque se não fizerem isso, poderá gerar um movimento descontrolado de inadimplências.

Por isso, elas elaboram uma política de concessão de crédito e estudam a capacidade de pagamento dos clientes. Para isso, as instituições juntam a documentação que comprove as informações prestadas. Além disso, elas costumam fazer uma entrevista.

A entrevista possibilita:

  • Obtenção de informações adicionais, às vezes, informais;
  • Esclarecimento de dúvidas que tenham surgido durante a análise;
  • Formação do histórico do cliente.

Obs: O histórico do cliente é o conjunto de informações sobre seu comportamento ao longo do tempo. Essas informações podem estruturar-se de acordo com o nível de sofisticação em informática da instituição. O histórico do cliente é seu salvo-conduto para novas negociações.

Enfim, gostou do artigo sobre os principais motivos de você não ser aprovado na análise de crédito ?

Então, nos siga em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Assim continuará acompanhando artigos sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, empréstimos e tudo relacionado ao assunto de fintechs.