Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Motoristas podem perder a CNH imediatamente se receberem estas multas; entenda agora

Conheça agora os tipos de multas que podem te fazer perder a CNH (arteira Nacional de Habilitação). Evite estas infrações!

A Carteira Nacional de Habilitação (CNH) é um documento fundamental para dirigir. Por isso, ela precisa estar totalmente atualizada e regularizada para evitar problemas judiciais. Isso envolve evitar cometer infrações e realizar as atualizações necessárias para mantê-la devidamente ativa.

No entanto, algo que poucas pessoas sabem é que existem algumas multas que podem gerar a perda da CNH, cessando, assim, o direito de dirigir do motorista afetado. Confira alguns casos em que essa regra pode se aplicar.

Suspensão da CNH por pontos

Multas de trânsito graves e suspensão de CNH
Imagem: Nomad_Soul / Shutterstock.com

Embora algumas multas e infrações possam gerar a suspensão imediata da CNH, outras entram no sistema de pontos. Nesse caso, cada uma gera uma quantidade de pontos que se acumulam e podem gerar a perda da carteira.

Veja também:

Como funciona a divisão de bens na união estável?

O limite dessa pontuação está diretamente ligado ao número de infrações gravíssimas acumuladas ao longo de 12 meses. Desse modo, quanto mais o condutor cometer infrações gravíssimas, menor será o seu limite. Veja os detalhes:

  • Limite de 40 pontos: para condutores que não cometerem nenhuma infração gravíssima em um período de 12 meses.
  • Limite de 30 pontos: aplica-se a motoristas que cometem 1 infração gravíssima no período.
  • Limite de 20 pontos: destinado àqueles que cometem 2 ou mais infrações gravíssimas em 12 meses.

Multas que te fazem perder a CNH

Confira, a seguir, as infrações que podem fazer o motorista perder o direito de dirigir por determinado período de tempo:

  • Operar veículo sob efeito de álcool ou negar-se a fazer o teste do bafômetro resulta na suspensão da carteira de motorista de quatro a 12 meses e uma multa de R$ 2.934,70;
  • Participar de corridas ilegais, conhecidas como rachas, resulta na suspensão da CNH pelo período de quatro a 12 meses, acompanhada de uma multa de R$ 2.934,70;
  • Ultrapassar o limite de velocidade em mais de 50% do permitido gera suspensão de dois a sete meses e acarreta uma multa de R$ 880,41;
  • Deixar de prestar assistência em acidentes resulta na suspensão com duração de quatro a 12 meses e multa de R$ 1.467,35;
  • Realizar ultrapassagens em locais não permitidos implica na suspensão de quatro a 12 meses e multa de R$ 2.934,70;
  • Evadir-se de blitz ou bloqueios policiais acarreta na suspensão por período entre um e três meses, além de uma multa no valor de R$ 293,47;
  • Levar crianças com idade inferior a sete anos como passageiras em motocicletas implica em suspensão entre um e três meses, acompanhada de uma multa no valor de R$ 293,47;
  • Proferir ameaças a pedestres enquanto conduz um veículo resulta na suspensão, com duração variável entre um e três meses e multa no valor de R$ 293,47.
  • Circulação de motocicleta com os faróis desligados dá suspensão de um a três meses, além de multa no valor de R$ 293,47;
  • Conduzir motocicleta ou transportar passageiro sem capacete gera suspensão entre um e três meses, além de uma multa no valor de R$ 293,47;
  • Praticar manobras perigosas com motocicletas resulta na suspensão com duração de um a três meses e também em uma multa de R$ 293,47.

Imagem: Nomad_Soul / Shutterstock.com