Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Mudanças no PIS/Pasep prejudica trabalhadores e afeta pagamentos de março

Nova regra do PIS/PASEP em 2024: Alterações impactarão 24,5M de trabalhadores. Saiba como isso afeta você!

A reformulação do PIS/PASEP para o ano de 2024 vai afetar cerca de 24,5 milhões de trabalhadores brasileiros.

A mudança principal está relacionada com a unificação do critério de saque do abono salarial, que a partir de agora será vinculado à data de aniversário dos beneficiários, independentemente dos parâmetros anteriores que eram usados para o saque do benefício.

Esta nova regra deve entrar em vigor a partir de março de 2024 e foi aprovada em dezembro de 2023 pelo Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat).

Quais as mudanças no PIS / Pasep

  • Novo calendário: O pagamento do PIS/Pasep 2024 será feito por ordem de ano-base, começando pelos trabalhadores que atuaram em 2019 e seguindo até 2023;
  • Pagamento em lote único: O abono salarial de todos os anos-base será pago em um único lote, o que significa que os trabalhadores que normalmente receberiam em março só receberão no segundo semestre;
  • Motivo do adiamento: O governo alega que o adiamento é necessário para ajustar o sistema de pagamento à nova forma de cálculo do abono salarial.

Impacto para os trabalhadores

  • Prejuízo financeiro: O adiamento do pagamento do PIS/Pasep pode prejudicar os trabalhadores que contavam com o dinheiro para arcar com despesas como aluguel, alimentação e contas;
  • Falta de planejamento: A mudança no calendário impede que os trabalhadores façam o planejamento financeiro adequado;
  • Incerteza: A falta de informações sobre a data exata do pagamento gera incerteza e insegurança entre os trabalhadores.
Blocos de madeira escrito "PIS" e "PASEP". Ao lado direito do bloco tem uma calculadora azul e do lado esquerdo um cofrinho de porco rosa.
Imagem: rafastockbr / shutterstock.com

Quem tem direito ao PIS / Pasep

O abono salarial do PIS é destinado para os trabalhadores da iniciativa privada e é administrado pela Caixa Econômica Federal (CEF). Já o PASEP é voltado para servidores e funcionários de empresas públicas, sendo gerido pelo Banco do Brasil (BB).

Os valores a receber pelo abono salarial variam de acordo com o tempo de serviço do trabalhador no ano de referência. Para quem trabalhou apenas um mês, o valor a receber é de R$ 117,67, chegando a um máximo de R$ 1.412 para aqueles que trabalharam o ano completo.

Veja também:

CNSP muda regras da previdência privada; entenda

Essa reformulação nas regras do PIS/PASEP visa simplificar o processo de saque do abono salarial e permite que os trabalhadores tenham maior previsibilidade em relação à data de recebimento do benefício. Você pode conferir o novo calendário completo aqui.

Imagem: rafapress / shutterstock.com