Nota Fiscal Paulista libera mais de R$ 11,9 milhões em créditos. Saiba como receber

A Secretaria da Fazenda e Planejamento libera nesta segunda-feira (17), 11,9 milhões de reais em créditos mensais aos participantes da Nota Fiscal Paulista. Os créditos são referentes às compras e doações de documentos fiscais realizadas em abril deste ano. Saiba como verificar se você tem direito.

É provável que você também goste:

Quais são as condições para usar o seu carro como garantia em empréstimos?

SuperSim lança Crédito em tempo real, com aprovação em 30 minutos

Clientes do PicPay agora vão poder sacar dinheiro em caixa de lojas

Nota Fiscal Paulista libera mais de R$ 11,9 milhões em créditos. Saiba como receber

Deste montante, as instituições filantrópicas têm à sua disposição mais de 6,2 milhões de reais em créditos para utilização em seus projetos. Todavia, para pessoas físicas e condomínios foram destinados 5,6 milhões de reais.

Como receber o dinheiro?

Para transferir os recursos para uma conta-corrente ou poupança de mesma titularidade, basta utilizar o app da Nota Fiscal Paulista pelo smartphone ou tablet, digitar o CPF/CNPJ e senha cadastrada e solicitar a opção desejada. É possível acessar também o site do programa. Em ambas as opções os valores serão creditados na conta indicada em até 20 dias.

Cabe ressaltar que os créditos da Nota Fiscal Paulista permanecem à disposição dos participantes por cinco anos a contar da liberação e podem ser utilizados a qualquer momento dentro desse período. O valor mínimo para transferência é de apenas 0,99 real.

Com esta liberação, a Secretaria da Fazenda e Planejamento já liberou em oito meses de 2020, mais de 178,3 milhões de reais aos participantes cadastrados no programa.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Assim continuará acompanhando artigos sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, empréstimos e tudo relacionado ao assunto de fintechs.

Fonte: Exame

Imagem: Sergiy Zavgorodny via shutterstock

- Publicidade -

Comentários
Carregando...