Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Nova função da CNH Digital permite transferência de veículos e mais; confira

0

A Senatran (Secretaria Nacional de Trânsito) está permitindo a transferência digital de veículos desde o ano passado. Esse recurso foi liberado em todo o país e a assinatura deverá ser realizada no portal gov.br. E mais, com esse processo não é obrigatório o reconhecimento de firma em cartório.

Porém, somente terão direito ao procedimento, proprietários que tiveram a CNH emitida a partir de 4 de janeiro de 2021. Nesta data o DUT (Documento Único de Transferência) foi substituído pela versão digital.

O proprietário do veículo deve acessar o portal gov.br e pedir a autorização de ATPV-e (transferência de propriedade de veículos). É obrigatório possuir CDT (Carteira Digital de Trânsito). E então, o documento ficará salvo no aplicativo do cidadão.

É provável que você também goste:

CNH Social: confira se você tem direito ao benefício

Novo RG vai substituir a CNH? Saiba as principais mudanças

Quais estados poderão fazer a transferência digital de veículos?

A transferência digital está liberada somente para alguns estados atualmente, veja:

  • Rio Grande do Sul;
  • Paraná;
  • Pernambuco;
  • Acre;
  • Ceará;
  • Mato Grosso do Sul;
  • Rio Grande do Norte; 
  • Roraima.

Sobre a transferência digital

O Ministério da Infraestrutura relembra algumas regras. O órgão comunicou que a Assinatura Eletrônica Avançada está acessível para vendas entre: 

  • Pessoas físicas e comércios;
  • Entre duas pessoas físicas;
  • A loja precisa estar cadastrada no Renave (Registro Nacional de Veículos em Estoque).

No final de 2021 a Comunicação do Ministério da Infraestrutura divulgou a seguinte nota:

“O objetivo é facilitar a vida do cidadão brasileiro. Com essa nova funcionalidade, vamos permitir que a transformação digital esteja ligada também à transferência de veículos. O Renave foi lançado recentemente e já estamos crescendo nas novas ações, vamos garantir a redução dos custos e da burocracia”.

Como funciona esse registro?

O registro permite a transferência eletrônica de propriedade. O registro conta com escrituração eletrônica da entrada e saída de veículos dos estoques das concessionárias e revendedoras. Isso elimina a necessidade de cartórios, despachantes entre outros.

Esse sistema traz mais conforto ao proprietário, porque ao comprar e vender o veículo usado, não será necessário se deslocar aos Detrans. Além disso, o mesmo não precisará mais ir ao cartório para o reconhecimento de firma.

Outra vantagem da CNH digital é que, ao entregar seu veículo a um companhias comerciais junto ao Renave, não precisará fazer a comunicação de venda. Por este motivo, o sistema registrará a entrada do veículo no estoque do estabelecimento. Dessa forma, todas as informações serão repassadas para as revendedoras.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Twitch e Instagram. Assim, você acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: rafapress / Shutterstock.com

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar

Fechar