Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Confira o novo prazo de contestação do auxílio emergencial

Veja também como fazer para contestar caso você tenha perdido o benefício.

0

Na semana passada, iniciou o pagamento da terceira parcela do auxílio emergencial 2021. Assim, os beneficiários já podem consultar se vão ter direito à parcela ou não. Aos que tiveram o auxílio negado, há um novo prazo para contestar. Confira abaixo os detalhes. 

É provável que você goste também:

C6 Bank tem opção de conta internacional para quem quer viajar ao exterior

Santander cria um fundo com foco em inovação e tendências futuras

Mais limite, cashback? O que teremos com Anitta no Nubank?

Confira o novo prazo de contestação do auxílio emergencial

O cancelamento do auxílio emergencial pode ocorrer em qualquer mês, por conta da análise que o Ministério da Cidadania e a Dataprev realizam a cada nova parcela. Dessa forma, se você teve a terceira parcela negada, há um novo prazo para contestar. Até o próximo dia 25 de junho, sexta-feira, é possível pedir uma nova análise do auxílio negado. Já quem teve o resultado divulgado em 16 de junho, tem até o dia 26 para recorrer

A avaliação mensal tem como objetivo impedir que pessoas que deixaram de fazer parte do grupo que tem direito ao valor recebam o auxílio indevidamente. Um exemplo dessas situações é quando a pessoa começa a trabalhar. Em suma, quem perder o novo prazo acima citado, pode não conseguir receber o benefício em 2021. 

Como contestar?

Para contestar a decisão, é preciso consultar o auxílio emergencial 2021. Caso você veja que o benefício foi negado, pode ver o motivo e, em seguida, “Solicitar Contestação”. A seguir, o sistema vai perguntar se o usuário realmente deseja dar sequência ao pedido de contestação. 

Em caso de dúvidas, você deve entrar em contato com o Ministério da Cidadania. Você pode fazer isso pelo número 121, ou ainda, por meio de um formulário online da Ouvidoria. Além disso, é possível enviar uma carta ao seguinte endereço: SMAS – Setor de Múltiplas Atividades Sul Trecho 03, lote 01, Edifício The Union, térreo, sala 32, CEP: 70610-051 – Brasília/DF.

Apesar de haver a possibilidade de enviar uma carta, vale ressaltar que esse procedimento demora, já que o Ministério precisa receber a carta pelos Correios. 

Enfim, gostou da matéria?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: Brenda Rocha – Blossom / Shutterstock.com

- Publicidade -

Comentários
Carregando...