A Nubank segue ajudando os seus usuários com novas formas de compras e sem contato nesse período de isolamento social. Por isso, começou a liberar o cartão de débito virtual para seus clientes. Agora, portanto, é possível que os clientes da NuConta façam compras online mesmo sem a função crédito ativada.

É provável que você também goste:

5 dicas para usar da melhor maneira o FGTS Emergencial para não ter dor de cabeça no futuro.

Cuidado para não cair em golpes que prometem limpar o nome de devedores do SPC

O que acontece quando você não paga o boleto do Nubank no prazo?

Nubank já está liberando cartão de débito virtual para você fazer compras online

Além disso, o cartão virtual de numeração exclusiva pode ser bloqueado, desbloqueado e até mesmo apagado, quantas vezes o cliente achar necessário, diretamente pelo aplicativo.

A fintech se aproveitando do aumento do uso de pagamentos digitais automaticamente adotou a estratégia de investir em inovações relacionadas a isso. Atualmente, 20% das compras realizadas com um cartão Nubank são feitas online, sendo que o cartão virtual representa 30% de todas as compras feitas no cartão de crédito.

Como gerar o cartão virtual?

Caso o usuário queira gerar o cartão virtual na função débito, basta selecionar o atalho “Cartão Virtual”, no aplicativo e digitar a senha de 4 dígitos. Em seguida, digite as informações do novo cartão, como número, nome do titular, data de vencimento e código de segurança (CVV).

Agora caso você já possua o cartão de crédito, a diferença será apenas na hora de fazer o pagamento nos estabelecimentos, ou seja, você pode usar o mesmo cartão virtual e selecionar por qual você quer fazer a compra, se no crédito ou débito.

Enfim, gostou da matéria sobre o cartão de débito virtual do Nubank?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem: Julio Ricco/Shutterstock.