Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

O que é abono CCT? Entenda quem pode recebê-lo!

Descubra quem tem direito ao abono CCT, um benefício estipulado por convenções coletivas de trabalho. Leia mais para entender os critérios!

Você já ouviu falar em abono indenizatório? Muitas vezes confundido com um benefício comum, este tipo de abono tem uma natureza distinta, servindo como uma compensação por direitos ou vantagens não concedidos. Se você atua no mercado de trabalho, é importante entender como e quando este tipo de abono pode ser aplicado em sua carreira.

No meio corporativo, onde diferentes formas de compensação são constantemente negociadas, destacam-se termos como “abono salarial” e “abono indenizatório”. Este último, em particular, pode gerar dúvidas quanto à sua definição e aplicação. Ao contrário do que alguns podem pensar, ele não representa um benefício regular, mas sim uma indenização por perdas específicas.

O que exatamente é um abono indenizatório?

Monte de dinheiro empilhado sobre mesa
Imagem: Augusto Barraza clicks / shutterstock.com

O abono indenizatório é geralmente estabelecido durante as negociações de uma Convenção Coletiva de Trabalho (CCT), envolvendo sindicatos e empregadores. O objetivo é garantir uma compensação aos empregados por inconvenientes ou perdas sofridas, especialmente em períodos de instabilidade econômica ou mudanças significativas no cenário corporativo.

Conforme a legislação trabalhista, especificamente nos artigos 611 e 625 da CLT, o abono indenizatório deve ser formalizado por meio de CCT e não se incorpora ao salário, mantendo sua natureza estritamente indenizatória. A lei n.º 8.852, de 1994, também sublinha a importância de uma compensação adequada em casos de atraso nos salários ou benefícios.

Veja também:

Inscritos do BPC tem auxílio extra de mais de R$ 700; veja como receber

Processo de definição do abono

Assim, a definição e implementação do abono indenizatório ocorrem por meio de uma negociação coletiva, onde se discutem as condições específicas como valor, forma de pagamento e elegibilidade dos trabalhadores. Importante ressaltar que estas condições podem variar amplamente conforme a convenção específica de cada área profissional ou região.

  • Definição dos critérios de pagamento
  • Elegibilidade dos empregados
  • Condições específicas de cada CCT

Assim, o abono indenizatório representa uma ferramenta de equilíbrio e justiça nos contextos trabalhistas, garantindo que os profissionais sejam adequadamente compensados por eventuais prejuízos. Conhecendo seus direitos e as especificidades desse abono, os trabalhadores podem melhor assegurar que suas compensações sejam justas e conforme o estabelecido legalmente.

Imagem: rafapress/shutterstock.com