Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

O que são as fintechs? Qual a relação delas com o mercado financeiro?

Em 10 anos, o número de fintechs cresceu 527% no Brasil.

0

Você já ouviu falar em fintechs? Sabe o que esse termo significa? Sabe de que forma as fintechs influenciam o mercado financeiro?

Pois bem, as fintechs são empresas do segmento financeiro e de pagamentos em geral e normalmente têm soluções tecnológicas de custo baixo. Essas empresas têm como “missão”, sobretudo, facilitar e desburocratizar o setor financeiro. 

É provável que você goste também:

Itaú Uniclass lança cartão Visa Signature e amplia isenção de anuidade do Mastercard Black e do Visa Infinite

Investidores enxergam que o Nubank mudou de patamar

Diante da pandemia, bancos digitais e fintechs investem em MEIs

O que são as fintechs? Qual a relação delas com o mercado financeiro?

Do inglês “financial technology”, ou “tecnologia financeira”, as fintechs vendem soluções para o setor financeiro. Isso pode incluir, por exemplo, cartões, crédito, backoffice, câmbio e criptomoedas. Além disso, as fintechs podem trabalhar com dívidas, finanças pessoais, investimentos, meios de pagamento e serviços digitais.

Em suma, o uso da tecnologia para solucionar problemas é um dos maiores diferenciais das fintechs. Ao explicar as fintechs, Eduardo Fuentes, analista do Distrito Dataminer, explica que:

Fintech é um termo usado para descrever empresas que aplicam tecnologia para resolver problemas e encontrar soluções de mercado no setor financeiro. É uma indústria que abrange qualquer categoria de tecnologia dentro deste segmento de mercado, desde soluções de software para gerenciamento financeiro, aplicativos de pagamento móvel e até criptomoedas. Aqui no Brasil, algumas das fintechs mais conhecidas são os bancos digitais Nubank e Neon, além das empresas de meios de pagamento Stone e PagSeguro”.

Dessa forma, o grande diferencial da fintech é fazer uso da tecnologia para mediar relações financeiras, bem como ajudam no processo de contratação de crédito. Além disso, essas empresas trabalham com contas bancárias online, planejamento financeiro, investimento, entre outros.

Quantas fintechs existem no Brasil?

As fintechs têm dois públicos: podem oferecer soluções para o consumidor final no modelo Business to Consumer (B2C); ou ainda, vender soluções para pequenos e grandes empreendedores no modelo Business to Business (B2B). 

Dessa forma, cerca de 27,2% do total de startups tem como clientes principais as pessoas físicas. Já 52,3% dão soluções para empresas. Em 10 anos, o número de fintechs cresceu 527% e, ao todo, o Brasil conta com 1,174 mil fintechs. Desse total, somente São Paulo conta com 643 fintechs, enquanto Minas Gerais tem 98 e Paraná 82. 

Nos últimos anos a tecnologia evoluiu e isso afetou as interações humanas. Notamos o crescimento exponencial das vendas pela internet, big data, smartphones, rede sociais, entre outros. Com o mercado financeiro não foi diferente. Aos poucos, as filas para fazer criar uma conta em um banco, realizar um depósito bancário ou até mesmo conseguir um empréstimo foram substituídas por alguns minutos em um aplicativo. Do lado do e-commerce, algo que já vinha acontecendo antes mesmo da pandemia, foi a busca por fintechs que facilitaram o processamento de pagamentos online e gestão de risco”, afirma Fuentes.

Por fim, dentre as principais fintechs brasileiras, está o Nubank – que alcançou a marca de 40 milhões de clientes. Além disso, o C6 Bank, o PagSeguro, a Creditas, o Agibank e o PicPay também são exemplos de fintechs no Brasil.

Enfim, gostou da matéria?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: 13_Phunkod / Shutterstock.com

- Publicidade -

Comentários
Carregando...