Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Oferta de crédito deve seguir em alta, projeta Febraban

0

De acordo com a pesquisa da Febraban, a oferta de crédito deve permanecer em um ritmo de crescimento alto, e crescer 11,3% em 2021. A projeção é maior à registrada na última edição do levantamento (+10,3%) realizada em junho, com destaque para a carteira pessoa física (PF) com recursos livres. A projeção dessa passou de 12,6% para 15,6%, impulsionada pelo processo de reabertura da economia, e do avanço da vacinação no Brasil. 

Lei do Superendividamento: O que é e  o que muda para empresa e consumidor?

Oferta de crédito deve seguir em alta, projeta Febraban

Em suma, a pesquisa Febraban é feita a cada 45 dias, depois da divulgação da Ata da reunião do Comitê de Política Monetária (Copom). Atualmente, o levantamento feito entre os dias 11 e 17 de agosto, reuniu as percepções de 18 bancos, sobre a última reunião do Copom, e as projeções para o desempenho das carteiras de crédito para o ano corrente e o próximo. 

Seja membro

De acordo com a pesquisa da Febraban, o expressivo desempenho estimado para a carteira PF Livre gerou uma forte alta na projeção da carteira Livre. Ela subiu 11,2% para os atuais 13,2%. Já no caso da carteira Pessoa Jurídica Livre, a revisão é mais modesta: subiu de 104,% para 10,6%. 

Segundo Rubens Sardenberg, diretor de Economia, Regulação Prudencial e Riscos da Febraban, 

“No geral, as estimativas mostram que a oferta de crédito seguirá se expandindo no  2º semestre, reforçando a percepção de recuperação da atividade econômica. E a relevância do crédito para este crescimento. O crédito destinado às famílias deve se manter como o principal responsável pelo crescimento da carteira neste ano. Embora o crédito destinado às empresas também deva apresentar um crescimento relevante”.

Além disso, outro sinal positivo captado pela Pesquisa da Febraban foi a melhora das projeções de inadimplência da carteira livre, tanto para 2021 quanto para 2022. Para este ano, a nova projeção caiu 0,1 ponto percentual, para 3,4%. Enquanto isso, a taxa estimada para 2022, também reduziu na mesma magnitude, de 3,7% para 3,6%. As duas projeções estão abaixo do patamar pré-pandemia, quando a taxa estava perto dos 4%. 

Por fim, para conferir a pesquisa da Febraban na íntegra, basta clicar neste link.

Enfim, gostou da matéria?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem:

Comentários do Facebook

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.