Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Outro grupo da Caixa já pode fazer o saque da 2ª parcela do Auxílio Emergencial

0

Nesta quarta-feira (03), outro grupo da Caixa já pode fazer o saque da 2ª parcela do Auxílio Emergencial. Agora é a vez os nascidos em abril, lembrando que o dinheiro também pode ser transferido para contas de outros bancos. Mas somente quem recebeu a 1ª parcela até 30 de abril poderá fazer o saque. Na realidade, o valor do benefício já estava na poupança digital da Caixa desde o dia 26 de maio, entretanto, o saque em espécie e a possibilidade de transferência do valor para outros bancos, estão sendo liberados em lotes diários, de acordo com o mês de nascimento do beneficiário.

É provável que você também goste:

Como pedir concessão e prorrogação do auxílio-doença sem sair de casa

Next libera depósito com crédito imediato na conta

Cerca de 11 milhões de pessoas ainda seguem em análise para receber o auxílio emergencial

Nascidos em abril já podem fazer o saque da 2ª parcela do auxílio

Este calendário vai até o dia 13 de junho, dia em que os nascidos em dezembro deverão ser autorizados a sacar o benefício. Lembrando que, o beneficiário não é obrigado a fazer o saque no dia da liberação, pois o dinheiro deverá continuar disponível.

O caso dos beneficiários do Bolsa Família é diferente, esses já tiveram o saque da 2ª parcela liberado nas últimas semanas, conforme o final do NIS.

Calendário de saques ou transferências do Auxílio Emergencial:

  • 30/5: nascidos em janeiro
  • 1º/6: nascidos em fevereiro
  • 2/6: nascidos em março
  • 3/6: nascidos em abril
  • 4/6: nascidos em maio
  • 5/6: nascidos em junho
  • 6/6: nascidos em julho
  • 8/6: nascidos em agosto
  • 9/6: nascidos em setembro
  • 10/6: nascidos em outubro
  • 12/6: nascidos em novembro
  • 13/6: nascidos em dezembro

Quem pode receber o Auxílio Emergencial?

  • Primeiramente, trabalhadores informais de qualquer tipo, inclusive intermitentes;
  • Inativos;
  • Desempregados;
  • MEIs (microempreendedores individuais);
  • Contribuintes individuais da Previdência;
  • Famílias com renda mensal total de até três salários mínimos (R$ 3.135) ou com renda per capita (por membro da família) de até meio salário mínimo (R$ 522,50);
  • Quem teve rendimentos tributáveis de até R$ 28.559,70 em 2018 (conforme declaração do Imposto de Renda feita em 2019).

Lembrando que para ter direito ao Auxílio Emergencial é preciso ter mais que 18 anos, exceto para mães adolescentes.

Qual o valor do benefício?

Os beneficiários deverão receber o valor de R$ 600 por mês, durante 3 meses. Entretanto, cada família pode receber, no máximo, dois auxílios, totalizando R$ 1.200. Contudo, lembramos que uma mulher chefe de família tem direito a receber R$ 1.200 de Auxílio Emergencial. Além disso, lembramos novamente que beneficiários do Bolsa Família não poderão receber os dois benefícios acumulados, portanto receberá apenas o auxílio de maior valor.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem: Brenda Rocha via Shutterstock

Comentários
Carregando...