Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Pagamento de R$ 850 por mês, veja como se cadastrar para receber o Bolsa Família

Receba R$ 850 mensais! Descubra como se inscrever no Bolsa Família hoje mesmo e garanta seu benefício. Não perca tempo, cadastre-se agora!

O Bolsa Família, um dos principais programas de transferência de renda do Brasil, segue sendo vital para milhões de brasileiros em vulnerabilidade social. Neste ano, acontecem mudanças significativas que prometem melhorar a vida de mais de 20 milhões de famílias cadastradas. Além disso, o Auxílio Gás também recebeu alterações importantes, cobrindo agora 100% do valor médio do botijão de 13 kg.

A novidade trazida pelo aumento do Auxílio Gás para R$ 102 é um alívio no orçamento mensal das famílias, especialmente num momento de instabilidade econômica. Juntos, Bolsa Família e Auxílio Gás formam uma rede de segurança essencial para a manutenção do bem-estar das famílias mais necessitadas do país.

Quando começam os pagamentos?

Bolsa Família de Abril 2024 antecipado na quarta (17) para estas cidades
Imagem: Adao / shutterstock.com

Os pagamentos do Bolsa Família para o ano de 2024 iniciarão em junho. Especificamente, a distribuição dos recursos começará no dia 17 de junho e seguirá o final do Número de Identificação Social (NIS) dos beneficiários. Essa metodologia assegura que todos os cadastrados recebam seu benefício no mês, sem atrasos.

Desde este ano, o calendário de pagamentos do Auxílio Gás foi alinhado ao do Bolsa Família, permitindo que os beneficiários recebam os dois auxílios simultaneamente. Essa integração simplifica o processo para as famílias e melhora a organização financeira, evitando a necessidade de múltiplos deslocamentos para sacar os valores.

Quais são as novas faixas de pagamento do Bolsa Família?

Dessa forma, em 2024, o Bolsa Família promove atualizações em suas faixas de pagamento para atender melhor suas famílias beneficiárias:

  • R$ 600 é ao mínimo a ser recebido por cada família atendida pelo programa.
  • Um acréscimo de R$ 150 é concedido para cada criança até 6 anos de idade.
  • Adicional de R$ 50 para crianças e adolescentes de 7 a 17 anos, bem como para gestantes.
  • Um extra de R$ 50 é destinado também para bebês de até seis meses.

Essas atualizações garantem um suporte mais robusto durante o desenvolvimento infantil e no suporte pré-natal. Dessa maneira, para serem elegíveis ao Bolsa Família, as famílias devem possuir uma renda mensal de até R$ 218 por pessoa. Além disso, também são exigidas a manutenção da frequência escolar de crianças e adolescentes e o acompanhamento de saúde de gestantes e vacinação atualizada.

Outros passos para ser elegível ao programa

Outrossim, o Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) é essencial para a inclusão em diversos programas sociais, incluindo o Bolsa Família. Assim, através dele, é possível gerenciar as necessidades de cada casa cadastrada e garantir que os benefícios sejam direcionados a quem realmente precisa.

Veja também:

R$ 34,7 milhões disponível para quem põe CPF na nota; veja se pode receber uma parte

Os pagamentos podem ser feitos diretamente pelo aplicativo Caixa TEM, facilitando ainda mais o acesso dos beneficiários aos recursos. Com as novas políticas implementadas, o governo espera não só assistir às despesas cotidianas das famílias, mas também fomentar uma melhoria contínua na qualidade de vida desses cidadãos.

Imagem: Sidney de Almeida / Shutterstock.com