Pagamento mínimo da fatura do cartão de crédito, vale a pena? Muitos consumidores entendem que pagar o mínimo da fatura do cartão de crédito faz eles não perderem dinheiro. Saiba que essa é uma decisão que faz você perder e muito dinheiro, entenda!

É provável que você também goste:

Deixar de pagar um boleto suja o nome no SPC e Serasa e reduz score?

Ação de marketing do Credicard ZERO critica cartões de crédito que exigem gasto mínimo, como o Santander Free

Pagamento mínimo da fatura do cartão de crédito, vale a pena?

Ao pagar o mínimo da fatura do cartão de crédito, você estará nada mais nada menos do que pedindo dinheiro emprestado para financiar o que resta. No entanto, obviamente, o banco vai lhe emprestar mais dinheiro e cobrará por isso. E os juros são altíssimos, especialmente, porque você estará pedindo dinheiro emprestado para o seu cartão.

Crédito rotativo

Quando você resolve pagar o mínimo, ou seja, paga parcialmente a fatura do cartão, significa que você está entrando no Rotativo. Portanto, o dinheiro é emprestado para você, por um determinado período.

Entretanto, muitos consumidores acabam caindo no erro de achar que, ao não pagar a fatura do mês anterior, você poderá continuar gastando normalmente. Isso é um erro comum e, além disso, quando a fatura não é paga totalmente, o consumidor começa a pagar juros de atraso em todas as novas compras que fizer e não apenas naquela do mês passado.

Portanto, a dívida está aberta e toda a nova compra será considerada um novo empréstimo, sendo cobrado juros por isso, mesmo que você quite a fatura atrasada. Ou seja, todas as novas compras que você fizer no cartão, nesse período, ficarão automaticamente mais caras.

Pagar o mínimo, fará você entrará no SPC e Serasa?

Não que pagar o mínimo fará você negativar o seu nome nos órgãos de restrição ao crédito, como SPC e Serasa. Mas sim, é muito provável que você se descontrole financeiramente porque precisará, no outro mês, seguir gastando. Ou seja, isso poderá acarretar em uma dívida impagável, o que inevitavelmente poderá lhe custar o seu nome no mercado.

Qual a alternativa?

Mesmo não sendo o ideal, se você não vai conseguir pagar o total da fatura até a data de vencimento, parcele-a. Isso porque o cartão não lhe cobrará juros nem multa de atraso. Além disso, as novas compras que fizer não terão acréscimo.

Obs: Obviamente que as parcelas contarão com juros, mas serão bem menores do que se a fatura estivesse em atraso.

Enfim, gostou da matéria sobre pagamento mínimo da fatura do cartão de crédito?

Então, nos siga em nossas redes sociais como o FacebookTwitter, Instagram. Assim, acompanhe notícias sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, empréstimos e tudo relacionado ao assunto de fintechs.