Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Pagamentos por celular superam o com dinheiro vivo pela 1ª vez no mundo

O Brasil ainda não se familiarizou com essa forma de pagamento.

0

Segundo a FIS, empresa que desenvolve tecnologias para transações financeiras, 2020 foi o ano em que houve mais transferências na modalidade digital que física. O dado foi divulgado por conta de uma pesquisa que a empresa realizou em 41 países durante o ano que se passou. Na pesquisa, notou-se uma queda de 10% na quantidade de pagamentos realizados com dinheiro em espécie no varejo. Dessa forma, apenas 25% dos pagamentos ocorreram de forma presencial.

É provável que você também goste:

TARGET Meio de Pagamentos lança empréstimo pessoal de até R$ 30 mil para caminhoneiros

Depois de alfinetar Nubank, Banco Inter lança pagamento via Apple Pay

Total de pagamentos com cartões em 2020 foi de R$ 2 trilhões, tendo aumento de 8,2%

Pagamentos digitais x pagamentos físicos

O continente que mais adota a transferência digital na hora de realizar pagamentos é o asiático, somando com a região do Oceano Pacífico. Nessa região, o número de pagamentos realizados por apps digitais, como Google Pay, Apple Pay ou cartões contactless, foi de 40%.

Expandindo para uma perspectiva global, os pagamentos por aproximação com carteiras digitais representaram 25,7% de todas as vendas em lojas comerciais. Logo após vem o cartão de crédito, com 22,4%; o de débito com 22,3%; e o finalmente o dinheiro em espécie, representando 20,5% das transações.

Este cenário onde a queda do dinheiro físico existe contou com uma grande ajuda da pandemia de COVID-19; afinal, pagamentos digitais dispensam contatos físicos com outras pessoas. Assim, especialistas preveem que em 2024 o uso de dinheiro físico em vendas chegará a 12,7%. Os aplicativos de transferências, por sua vez, devem chegar a 33,4% de uso.

Brasil e o pagamento digital

O estudo feito pela FIS constatou que o Brasil ainda não tem uma presença tão marcante de carteiras digitais. Sendo assim, foram usados mais cartões físicos que cartões de aproximação em pontos de venda.

Em números reais, 35% dos pagamentos feitos em pontos físicos foram por dinheiro físico; 34% por cartão de crédito; seguido em 20% no débito e somente 8% com alguma carteira digital.

Contudo, no âmbito do comércio eletrônico, os dados obtidos foram:

  • 43% de pagamentos em cartão de crédito;
  • 17% de pagamentos por celular;
  • 13% de pagamentos por cartão de débito;
  • 1%  de pagamentos em dinheiro.

Por fim, na América Latina, o número de transações feitas com dinheiro em espécie caiu 34,7%, sendo os pagamentos no crédito e no débito as opções favoritas dos latino-americanos.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então é só seguir o Seu Crédito Digital no YouTubeFacebookTwitter, Instagram e Twitch. Assim você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos etc. Siga a gente para saber mais!

imagem: David MG / shutterstock.com

Comentários
Carregando...