Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Parcelar dívidas no cartão de crédito: saiba o que evitar

Saiba como evitar o parcelamento da dívida no cartão de crédito e controlar suas finanças de forma eficaz!

O cartão de crédito é uma ferramenta financeira amplamente usada, introduzida no Brasil na década de 1960. Com a inovação constante, o uso do cartão se tornou ainda mais simples e difundido, desde os primeiros modelos com tarja magnética até os sistemas atuais que utilizam tecnologia de aproximação e reconhecimento facial.

Porém, é fundamental entender que cada uso do cartão significa uma dívida criada, que necessita ser controlada para evitar armadilhas financeiras. Saiba o que evitar parcelar com esta modalidade de pagamento nas sequência!

7 tipos de compras para evitar parcelar no cartão de crédito

um casal composto por um homem e uma mulher, um ao lado do outro, ambos olhando para um cartão de crédito e celular
Imagem: StratfordProductions / Shutterstock.com

Existem certas compras no cartão de crédito que, pela sua natureza ou contexto, podem complicar ainda mais o seu planejamento financeiro quando parceladas. Evitar tais gastos pode poupar muitos recursos e stress desnecessário. Confira quais são as principais:

  1. Shows e eventos: o prazer é temporário, mas as parcelas podem durar meses. Avalie a importância e urgência desses gastos.
  2. Roupas e tênis de marca: evite dívidas no cartão de crédito em itens de moda que podem se tornar obsoletos rapidamente.
  3. Viagens: se não for possível pagar à vista, reconsidere a urgência da viagem ou procure opções mais econômicas.
  4. Contas de restaurantes caros: parcelar um jantar caro significa pagar por uma experiência já vivida, enquanto novas necessidades surgem constantemente.
  5. Smartphones de última geração: a menos que essencial para seu trabalho, escolher modelos menos recentes pode ser mais prudente.
  6. Presentes caros: demonstrações de afeto não precisam criar dívidas. Considere presentes mais simples ou gestos pessoais.
  7. Videogames e jogos caros: com o alto custo desses itens no Brasil, considerar versões mais antigos ou ofertas pode ser uma escolha sensata.

Por que evitar parcelamentos longos, afinal?

Ao realizar compras com o cartão de crédito, é sedutor optar pelo parcelamento, especialmente em montantes significativos. No entanto, este hábito pode levar à acumulação de dívidas devido às altas taxas de juros associadas, especialmente no crédito rotativo.

Veja também:

Mensagem no Caixa Tem preocupa beneficiários do Bolsa Família!

Sendo assim, em momentos de alta das taxas, como observado recentemente com juros atingindo 421,3% ao ano, o risco financeiro se intensifica consideravelmente.

Imagem: StratfordProductions / Shutterstock.com