Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Falta pouco para acabar o prazo de inscrição do auxílio emergencial de até R$ 1200

0

Falta pouco para acabar o prazo de inscrição do auxílio emergencial de até R$ 1200. A inscrição para solicitar o auxílio emergencial vai até o dia 02 de julho. Sendo assim, após esse prazo, será impossível se inscrever para receber o benefício. Entretanto, o site e o aplicativo da Caixa deverão continuar no ar, para que possa ser feito o acompanhamento do pagamento do benefício, ou para verificar o processo de liberação do mesmo.

É provável que você também goste:

Confira se você tem direito ao BEm, benefício que paga até R$ 1.813,03

RecargaPay e Livelo fazem parceria para recargas com pontos de fidelidade

Caixa começa a pagar hoje 1ª parcela dos R$ 600 a novos aprovados. Saiba quem recebe 

Falta pouco para acabar o prazo de inscrição do auxílio emergencial de até R$ 1200

Quem revelou como se dará a situação após o prazo foi o vice-presidente da rede de varejo da Caixa, Paulo Henrique Angelo, em entrevista coletiva:

“Após o prazo definido, nós manteremos o aplicativo e o site funcionando para que as pessoas possam acompanhar o pagamento do seu benefício ou processamento do seu pedido.”

O calendário do auxílio emergencial é dividido para 3 grupos diferentes, para os que se cadastraram no app ou site, os inscritos no CadÚnico e também para os beneficiários do Bolsa Família. Todos esses grupos já estão recebendo a segunda parcela do benefício.

Calendário de saque do auxílio emergencial para novos beneficiários

Para aqueles novos beneficiários que desejam sacar ou transferir os R$600 da primeira parcela do auxílio emergencial, as ações podem ser feitas a partir de datas específicas. Estas datas, contudo, são definidas de acordo com o mês de nascimento do beneficiário, começando no mês de julho. Veja o calendário abaixo.

Mês de nascimento – Data para o saque liberado

  • Janeiro – 6 de julho
  • Fevereiro – 7 de julho
  • Março – 8 de julho
  • Abril – 9 de julho
  • Maio – 10 de julho
  • Junho – 11 de julho
  • Julho – 13 de julho
  • Agosto – 14 de julho
  • Setembro – 15 de julho
  • Outubro – 16 de julho
  • Novembro – 17 de julho
  • Dezembro – 18 de julho

Essas datas se referem ao calendário de pagamentos da primeira parcela do auxílio emergencial para os novos aprovados. Além disso, as datas de depósito das demais parcelas ainda não foram divulgadas pelo governo federal. Conforme informa a Caixa, ao todo, R$ 3,1 bilhões serão depositados para 4,9 milhões de aprovados no terceiro lote do auxílio emergencial.

Quem tem direito ao auxílio emergencial de R$ 600?

  • Primeiramente, trabalhadores informais de qualquer tipo, inclusive intermitentes;
  • Inativos;
  • Desempregados;
  • MEIs (microempreendedores individuais);
  • Contribuintes individuais da Previdência;
  • Famílias com renda mensal total de até três salários mínimos (ou seja, R$ 3.135) ou com renda per capita (por membro da família) de até meio salário mínimo (R$ 522,50);
  • Quem teve rendimentos tributáveis de até R$ 28.559,70 em 2018 (conforme declaração do Imposto de Renda feita em 2019);
  • Lembrando que para ter direito ao Auxílio Emergencial é preciso ter mais de 18 anos, exceto para mães adolescentes.

Qual o valor do benefício?

Os beneficiários deverão receber o valor de R$ 600 por mês, durante 3 meses. Entretanto, cada família pode receber, no máximo, dois auxílios, totalizando R$ 1.200. Contudo, lembramos que uma mulher chefe de família tem direito a receber R$ 1.200 de Auxílio Emergencial. Além disso, lembramos novamente que beneficiários do Bolsa Família não poderão receber os dois benefícios acumulados, portanto receberá apenas o auxílio de maior valor.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem: Brenda Rocha via Shutterstock

Comentários
Carregando...