Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Real Digital: BC discute transações off-line e inclusão

O BC quer viabilizar as transações off-line com segurança do Real Digital

0

Na última quinta-feira (9), o Banco Central (BC) realizou uma nova rodada de debates sobre a criação do real digital do Brasil. Em suma, o encontro discutiu as diretrizes gerais, os benefícios e as tecnologias a serem adotadas para implementar a moeda. Além disso, o BC quer viabilizar as transações off-line com segurança, e incluir no sistema bancário, a população sem acesso a ele.

Real digital deve reduzir ainda mais o uso de dinheiro em papel

Real Digital: BC discute transações off-line e inclusão

Em suma, o seminário virtual é o 3º da série O Real Digital. A meta do BC é criar as bases para o desenvolvimento de uma CBDC que acompanhe a evolução tecnológica da economia do Brasil. Além disso, busca aumentar a eficiência do sistema de pagamentos do varejo. 

Seja membro

Sendo assim, o BC quer favorecer o surgimento de novos modelos de negócio e de outras inovações baseadas nos avanços tecnológicos. Além disso, quer favorecer a participação do Brasil em outros cenários econômicos, bem como aumentar a sua eficiência nas transações fora do país. 

No debate, a diretora de Desenvolvimento de Negócios em Moedas Digitais na G+D Currency Technology, Tanja Hessdörfer, disse que para implementar o real digital, o BC “não pode contar com os usuários tendo celulares de última geração, conhecimento tecnológico, equipamento modernos ou conexão de internet de alta velocidade”.

Dessa forma, Tanja acrescentou que para ter um sistema de CBDC inclusivo, é necessário ofertar carteiras para a população sem conta no banco. Assim, o real digital do BC vai funcionar sem conta bancária, de forma simples, intuitiva e com interface orientada ao usuário. “É importante que esses equipamentos simples tenham funcionalidade off-line”, explica ela.

Paralelo a isso, o especialista do setor financeiros do Banco Mundial, Harish Natarajan, reforçou a ideia. Ele considera obrigatório que o usuário possa usar a moeda em vários contextos e situações. Tais como quando não há eletricidade, nem conectividade telefônica. 

Sendo assim, é necessário as autoridades estarem atualizadas com as novidades tecnológicas para o real digital. Só assim, podem garantir as transações no modo off-line, de forma a dar o máximo de segurança aos procedimentos. 

Enfim, gostou da matéria?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: EDSON DE SOUZA NASCIMENTO / shutterstock.com

Comentários do Facebook

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.