Durante a pandemia, muitas têm sido as estratégias adotadas por parte dos bancos para ampliar a oferta de crédito, principalmente em relação a clientes inadimplentes. A novidade agora é que bancos poderão refinanciar parcelas de crédito imobiliário já pagas por outros clientes, buscando ampliar a oferta para quem está inadimplente.

É provável que você também goste:
Governo cria site para quem recebeu Auxílio Emergencial indevidamente devolver o dinheiro
Consorciado excluído ou desistente pode ter devolução imediata do valor pago
Auxílio emergencial: é possível receber a segunda parcela no Nubank ou Banco Inter?

Com isso, a ideia é que clientes nessa situação tenham mais acesso a crédito, mas com juros relativamente menores. Ao mesmo tempo, os bancos poderão refinanciar parcelas de crédito imobiliário com muito mais segurança. Segundo o presidente do Itaú Unibanco, a proposta está sendo discutida pelos bancos em conjunto com as autoridades reguladoras.

Confira, a seguir, o que muda com a medida em discussão, principalmente em relação ao acesso ao crédito para inadimplentes e quais são as regras de acesso a crédito imobiliário para esse público. Continue a leitura e confira!

Por que refinanciar parcelas de crédito imobiliário?

A opção de refinanciar parcelas de crédito imobiliário já pagas é vista pelos bancos como a solução para conceder créditos a clientes inadimplentes durante a crise. A vantagem maior é em relação aos juros, que seriam menores do que é encontrado hoje no mercado, podendo trazer mais tranquilidade para os clientes em relação ao pagamento.

Além disso, caso seja possível, esse refinanciamento das parcelas de crédito imobiliário já pagas também é positivo para o banco. Isso acontece porque a linha de crédito, se for aprovada, também possui garantia do imóvel para a instituição financeira. Assim, caso as parcelas de crédito imobiliário não sejam pagas, o banco não sairia no prejuízo.

De acordo com o presidente do Itaú Unibanco, que falou sobre a medida, a discussão sobre a possibilidade de refinanciar parcelas de crédito imobiliário já pagas está bem avançada, podendo ser uma realidade em breve.

Pessoas inadimplentes podem ter acesso a crédito imobiliário?

O sonho da casa própria faz parte da realidade de muitos brasileiros. Porém, quando a avaliação de crédito para financiamento é realizada, alguns aspectos podem impactar negativamente a aprovação do crédito imobiliário. Um deles é a inadimplência.

Nesse caso, quem possui algum problema de crédito nesse sentido pode ter dificuldade com o acesso ao crédito imobiliário pelas instituições financeiras. É isso que a proposta discutida pelos bancos e órgãos reguladores está tentando resolver, encontrando uma forma de incluir esse público com juros menores e, ao mesmo tempo, segurança para o banco.

Situações que podem dificultar o seu acesso a crédito imobiliário

  • nome negativado no SPC e Serasa: um dos grandes problemas na hora de solicitar financiamento imobiliário é ter o nome sujo em órgãos de proteção ao crédito (confira 12 dicas do Serasa para resolver o problema).
  • o segundo problema é ter a renda comprometida de alguma forma, como no caso de empréstimos. Para ter crédito imobiliário, mesmo que inadimplente, o ideal é que a renda disponível não esteja comprometida com contas significativas.
  • financiamento de veículos: também pode comprometer a renda e prejudicar a avaliação de crédito pelo banco. Nesse caso, o ideal é realizar um financiamento de cada vez, para não dificultar o acesso ao crédito imobiliário.

No momento, com a proposta de financiar parcelas de crédito imobiliário pagas sendo discutida, o ideal é ficar atento e buscar não comprometer ainda mais a renda do mês, além de buscar formas de diminuir ou resolver o problema da inadimplência.

Além disso, na hora de optar por um financiamento imobiliário, confira todas as condições que o banco está propondo e tenha em mente todas as variáveis, não apenas a taxa de juros. Assim, você garante um planejamento financeiro maior e evita problemas financeiros no futuro. Fique atento ao Seu Crédito Digital para acompanhar as novidades sobre essa discussão.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem destacada: Freedomz, via Shutterstock.