Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Saiba como atualizar os dados do CadÚnico pelo app

Saiba como atualizar seus dados no CadÚnico por meio do app e garantir acesso aos benefícios sociais, como Bolsa Família e BPC

O Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) é a principal porta de entrada aos programas assistenciais destinados à população que se encontra em situação de vulnerabilidade socioeconômica. Além disso, o cadastro também serve como base para o desenvolvimento de políticas públicas.

Dessa forma, é essencial manter os dados no CadÚnico atualizados, caso contrário, o benefício recebido por meio desse cadastro pode ser suspenso. Assim, esse procedimento tem o objetivo de garantir que os benefícios cheguem às pessoas que realmente precisam desse auxílio financeiro do governo.

Veja também:

INSS emite nota sobre suspensão do benefício até o fim do ano

Como atualizar os dados do CadÚnico pelo app

Portanto, por meio do aplicativo do CadÚnico, é possível realizar uma pré-atualização dos dados do cadastro. Confira o passo a passo:

  • Acessar o aplicativo CadÚnico (disponível para Android e iOS);
  • Fazer login ou criar uma conta Gov.br;
  • Informar as possíveis mudanças nos dados dos membros da família;
  • Comparecer a um Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) em no máximo 240 dias levando consigo os documentos de identificação de todos os membros da família.

Dessa forma, no posto de atendimento, a equipe irá confirmar as informações inseridas no aplicativo. Assim, os documentos que devem ser apresentados são:

  • Certidão de Nascimento;
  • Certidão de Casamento;
  • CPF;
  • RG;
  • Carteira de Trabalho;
  • Título de Eleitor;
  • Comprovante de residência.
Na imagem, celular sobre teclado branco, exibindo app do CadÚnico na tela.
Imagem: Sidney de Almeida/shutterstock.com

Quem pode se inscrever no Cadastro Único

Por fim, confira quem pode fazer parte do CadÚnico e ter acesso aos programas sociais:

  • Famílias com renda mensal de até meio salário mínimo (R$ 706) por pessoa;
  • Famílias com renda mensal total de até três salários mínimos (R$ 4.236);
  • Famílias com renda maior que três salários mínimos, desde que estejam o cadastro vinculado à inclusão em programas sociais nas três esferas do governo;
  • Famílias unipessoais;
  • Pessoas que vivem em situação de rua.

Imagem: Sidney de Almeida/shutterstock.com