Pela primeira vez na história, o salário mínimo vai finalmente passar dos mil reais. O Governo Federal propôs um salário mínimo de R$ 1.040 para o ano de 2020. Isso representa um aumento de 4,2% em relação ao atual, que hoje é o correspondente a R$ 998. O valor consta do projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2018, e apresentado hoje (15/4) pelo secretário especial de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues.

É provável que você também goste:

CDC Caixa: dinheiro fácil, rápido e contratação é no caixa eletrônico.

Sérgio Moro quer o fim do IPVA?

Beneficiários do Bolsa Família terão direito ao décimo terceiro em 2019.

Governo propõe salário mínimo de R$ 1.040 para 2020

Até este ano, o salário mínimo sempre era sistematicamente corrigido exclusivamente pela inflação do ano anterior medida pelo INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), mais a variação do Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e dos serviços produzidos no país) de dois anos anteriores. Portanto, como a lei que definia a fórmula vai deixar de vigorar em 2020, o Governo optou em reajustar o mínimo apenas pela inflação estimada para o INPC.

A LDO define os parâmetros e as metas fiscais para a elaboração do Orçamento do ano seguinte. De acordo com a legislação, o governo deve enviar o projeto até 15 de abril de cada ano. Contudo, caso o Congresso não consiga aprovar a LDO até o fim do semestre, o projeto passa a trancar a pauta. Entretanto, o valor do salário mínimo pode subir ou cair em relação à proposta original ao longo da tramitação do Orçamento, caso as expectativas de inflação mudem nos próximos meses.

Enfim, gostou da notícia?

Então, nos siga em nossas redes sociais como o FacebookTwitter, Instagram. Assim, acompanhe nossas notícias sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, financiamentos, empréstimos e tudo relacionado ao assunto de fintechs.

Via Agência Brasil

Sobre o autor Ver todos os posts

EDUARDO MENDES

Sou um entusiasta da tecnologia, que também aprecia inovação, empreendedorismo, além de Fintechs e as suas facilidades.
Graduado em Administração de Empresas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e fundador dos sites Optclean Tecnologia, Conexão Estudante e Seu Crédito Digital.

Comentários no Facebook