Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Santander fará pagamento bilionário no próximo dia 15; veja se vai receber uma parte

O Banco Santander fará o repasse de um valor bilionário no próximo dia 15 de maio. Saiba mais sobre quem tem direito ao montante!

O Santander realizará o pagamento de um valor bilionário a partir do próximo dia 15 de maio. Trata-se, portanto, da distribuição de Juros sobre o Capital Próprio (JCP) da empresa aos seus acionistas no valor bruto de R$ 1,5 bilhão.

Assim, essa forma de remuneração aos acionistas é similar aos dividendos, mas com vantagens fiscais tanto para a empresa quanto para o investidor, derivadas da dedução do valor do JCP do lucro tributável da empresa. Continue a leitura para mais informações!

Santander fará pagamento de JCP aos acionistas no próximo dia 15

Letreiro com identidade visual do Santander
Imagem: Manuel Esteban / Shutterstock.com

O Santander Brasil anunciou que a data de corte para quem terá direito ao recebimento de JCP foi em 19 de abril de 2024. Sendo assim, investidores com ações da empresa até o final do dia citado são elegíveis ao pagamento, que se dará no dia 15 de maio de 2024.

Ademais, após a dedução do Imposto de Renda Retido na Fonte (IRRF), o valor líquido pago pelo Santander será de R$ 1,275 bilhão, excluindo os acionistas imunes e/ou isentos. Os valores brutos e líquidos por unit (SANB11) e por ação ON (SANB3) e PN (SANB4) foram especificados. São eles:

  • Valor bruto por unit (SANB11): R$ 0,40239909562;
  • Valor líquido por unit (SANB11): R$ 0,34203923128;
  • Valor bruto por ação ON (SANB3): R$ 0,19161861696;
  • Valor líquido por ação ON (SANB3): R$ 0,16287582442;
  • Valor bruto por ação PN (SANB4): R$ 0,21078047866;
  • Valor líquido por ação PN (SANB4): R$ 0,17916340686.

Por que investir em ações do banco?

Inserir-se como acionista do Santander Brasil pode ser uma decisão estratégica visando receber JCP periodicamente, que é uma forma interessante de construir uma renda passiva. O banco tem um histórico de robustez e confiabilidade no mercado, além de apresentar uma política clara de distribuição de lucros aos seus acionistas.

Veja também:

Governo vai dar R$ 300 para mulheres; confira as regras para receber

Por fim, com um planejamento adequado e o uso de ferramentas apropriadas para o acompanhamento e gestão de investimentos, pode-se otimizar o retorno sobre essas aplicações no Santander e manter-se regularizado junto ao fisco.

Imagem: Manuel Esteban / Shutterstock.com