Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Saque de R$ 6220 do FGTS liberado na Caixa para este grupo de pessoas!

Caixa libera saque de R$ 6220 do FGTS para grupo específico. Confira quem pode sacar e como garantir esse benefício.

Diante dos recentes desastres naturais que impactaram severamente a região do Rio Grande do Sul, medidas emergenciais foram adotadas pela Caixa Econômica Federal para amparar os cidadãos das localidades mais afetadas. Entre as iniciativas, destaca-se a liberação do saque calamidade do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) para residentes de 28 municípios.

As cidades beneficiadas incluem grandes centros e áreas rurais, como Santa Cruz do Sul e Porto Alegre, proporcionando um alívio financeiro temporário para as famílias que enfrentam a reconstrução de suas vidas e lares.

O que é o Saque Calamidade e como funciona?

Cofre de porquinho, calculadora, caneta e celular com logo do FGTS
Imagem: rafastockbr / Shutterstock.com

O saque calamidade é uma opção de retirada do FGTS destinada especialmente para situações de desastres naturais, como os ocorridos recentemente no estado.

Trabalhadores afetados têm permissão para sacar até R$ 6.220,00 de cada uma de suas contas ativas ou inativas do FGTS, mediante apresentação da documentação exigida para comprovar sua situação, incluindo uma declaração da Defesa Civil.

Como solicitar

Os moradores dos municípios afetados têm a opção de solicitar o saque calamidade de maneira totalmente digital, através do aplicativo FGTS. Esse processo inclui etapas simples, como selecionar a opção de saque por calamidade, indicar o município afetado e enviar os documentos exigidos pela Caixa. Estes documentos são:

  • Documento de Identidade (RG, CNH ou passaporte);
  • Comprovante recente de residência.

Impacto da flexibilização das regras

A flexibilização das regras para o saque, incluindo a dispensa do intervalo de 12 meses para novos saques em circunstâncias de calamidade, foi decidida mediante o decreto nº 12.016, de 7 de maio de 2024.

Veja também:

Governador do RS reaparece com novo ALERTA para chuva de 130mm

Além dos 28 municípios inicialmente reconhecidos, a portaria nº 1.354, do Ministério da Integração e Desenvolvimento Regional, expandiu a possibilidade de reconhecimento de calamidade pública a outras regiões, permitindo que mais cidades possam solicitar a habilitação ao saque calamidade. Até o momento, 16 novas cidades já foram inclusas nesta categoria de auxílio emergencial do FGTS.

Com estas medidas, espera-se não apenas oferecer uma resposta imediata à crise mas também facilitar a recuperação a longo prazo das áreas mais duramente impactadas.

Imagem: rafastockbr / Shutterstock.com