Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Avenue reduz taxa de câmbio na conta internacional; confira!

Avenue reduz taxas de câmbio, tornando-se líder em economia para grandes investidores no mercado americano. Veja detalhes!

A corretora Avenue, conhecida por facilitar o acesso dos brasileiros ao mercado de investimentos americano, anunciou novidades significativas envolvendo taxas de câmbio para quem deseja investir mais e economizar.

Desde a última terça-feira (21), a corretora implementou uma nova tabela de taxas de câmbio que beneficia grandes investidores, oferecendo taxas progressivamente menores conforme aumenta o montante transferido para investimentos.

O que muda nas taxas de câmbio da Avenue?

Imagem de um outdoor com o logo do Avenue
Imagem: Divulgação

Anteriormente regida por uma taxa regressiva que variava entre 2% e 1,40%, a Avenue revolucionou sua política de tarifas. Agora, as taxas começam em 1,50% e podem chegar a apenas 0,50% para transferências de valores mais elevados.

Especificamente, investidores que possuem pelo menos US$ 250 mil na corretora e transferem acima de R$ 1 milhão podem se beneficiar dessa taxa mínima, representando uma redução de até 64% em comparação com as taxas anteriores.

Comparativo com outras corretoras

Essa mudança coloca a Avenue à frente de seus principais concorrentes no mercado, como Nomad, C6 e XP. Enquanto estas corretoras cobram taxas que variam de 1% a 2,2%, a Avenue passa a oferecer a menor taxa do mercado de 0,98% para quem tem investimentos entre US$ 10 mil e US$ 50 mil e faz transferências entre R$ 500 mil e R$ 1 milhão.

Tal estratégia demonstra o interesse da corretora em atrair investidores com maior potencial financeiro e em incentivar maiores volumes de transferências e investimentos.

Detalhes da taxa de câmbio

A taxa de câmbio é a cobrança aplicada sempre que o dinheiro é transferido para o exterior para investimentos, bem como quando retorna ao Brasil.

Ela é calculada com base na diferença entre o valor do dólar pago pelas instituições financeiras ao Banco Central e o valor efetivamente cobrado dos clientes. Além disso, há a cobrança de um imposto sobre operações financeiras (IOF) de 0,38% sobre cada operação.

Outras considerações sobre o mercado de câmbio

As novas taxas são aplicáveis tanto para a conta internacional quanto para a conta de investimento, ampliando a flexibilidade e as opções para os usuários da Avenue.

Veja também:

Governo revela nova data de realização do Concurso Unificado; confira

Em um panorama global, onde a fluidez e a mobilidade do capital se tornam cada vez mais necessárias, medidas como a adotada pela Avenue corroboram a tendência de serviços financeiros cada vez mais ajustados às exigências de um público diversificado e atento às melhores oportunidades de mercado.

Imagem: Divulgação / Avenue