A maioria das pessoas só ouve falar em SPC e Serasa quando se fala sobre nome sujo e nos órgãos de proteção ao crédito. Entretanto, existem vários outros órgãos que prestam serviços a empresas e credores. Ademais, todas elas podem sim colocar o seu nome e CPF no cadastro de inadimplentes. Portanto, confira aqui neste post os quatro maiores órgãos que são úteis tanto para pessoas físicas quanto para a jurídica.

Leia também:

Clientes do Itaú e Credicard ganham de 30% a 60% de bônus em transferências de pontos para Mutiplus.

Cartão Fácil Ipiranga: sem consulta ao SPC e Serasa e sem comprovar renda

Confira 5 dicas para quem deseja limpar o nome no final do ano

Serviço de Proteção ao Crédito: saiba quais são os 4 principais órgãos

Boa Vista Serviços – Administradora do SCPC

A Boa Vista Serviços é uma empresa que fornece informações de restrição cadastral de todo o Brasil através do seu banco de dados. A empresa também calcula a pontuação do seu score de crédito. Estes dados são utilizados largamente em processos de análise e de concessão de crédito aos consumidores.

CCF– Cadastro de Emitentes de Cheques sem Fundos do Banco Central

O CCF

é um banco de dados que contém os nomes das pessoas que emitem cheques sem ter saldo em sua conta para o pagamento. Para saber se o seu nome consta no CCF, você precisa se dirigir até um dos endereços do banco central. Porém essas informações tem sido disponibilizadas juntamente no Serasa Experian.

SERASA Experian

A Serasa Experian é uma empresa privada que possui um dos maiores bancos de dados do mundo e se dedica a prestar serviços de interesse geral. A instituição é reconhecida pelo Código de Defesa do Consumidor como uma entidade de caráter público (conforme a Lei 8.078, artigo 43, parágrafo 4º).

A empresa possui dados cadastrais de empresas e cidadãos, bem como informações negativas que indicam dívidas vencidas e não pagas. Além disso, também possui os registros de protesto de título, ações judiciais, cheques sem fundos e outros registros provenientes de fontes públicas e oficiais. Os dados de dívidas vencidas são enviados sob convênio com credores/fornecedores, indicando os dados do devedor. O próprio consumidor pode se cadastrar no Radar de CPF e saber em tempo real quanto é executada uma consulta ou se o CPF foi negativado.

As informações da Serasa Experian são fornecidas aos bancos, às lojas, e às empresas em geral. Tudo com o objetivo de dar apoio às decisões de crédito. Com isso, tornar os negócios mais baratos, rápidos e seguros.

SPC Brasil

Por fim, este é um dos órgãos de proteção ao crédito mais conhecido por todos: o SPC. A sigla SPC significa Serviço de Proteção ao Crédito. O SPC Brasil, assim como os demais órgãos, ele é um banco de dados privado de informações de crédito, de caráter público. Ele ainda é gerido e alimentado por associações comerciais e câmaras de dirigentes lojistas do país que são filiadas à Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas. É considerado o mais completo banco de dados da América Latina em informações sobre pessoas físicas e jurídicas. Auxiliando na decisão para concessão de crédito no Brasil.

Considerações finais

Estas são as quatro empresas mais conhecidas e usadas. Contudo, há outros órgãos de proteção ao crédito que prestam o mesmo tipo de serviço.

Gostou da notícia?

Então nos siga em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Acompanhe tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, financiamentos, empréstimos e tudo relacionado ao mundo das fintechs.