Descubra 6 serviços que você NÃO PRECISA PAGAR durante a quarentena

0

Neste momento, estamos começando uma grave crise econômica mundial, em virtude do isolamento social para conter a disseminação do novo coronavírus – COVID-19. Neste sentido, muitas pessoas estão perdendo seus empregos, reduzindo remuneração e tendo as suas empresas afetadas nas últimas semanas. Se você está passando por graves dificuldades financeiras neste período de isolamento social em virtude da pandemia da Covid-19, confira 6 serviços que você não precisa pagar e que provavelmente você ainda não sabe.

É provável que você também goste:

Banco Inter vai oferecer R$ 550 milhões de crédito facilitado para empreendedores.

Como sacar o auxílio emergencial de R$ 600 na Caixa Econômica Federal?

Cerca de 2,4 milhões de pessoas que têm direito não sacaram ainda o abono salarial do PIS/Pasep.

Serviços que você não precisa pagar durante a quarentena

1) Não precisa pagar a conta de Luz

A Tarifa Social é um benefício criado pelo Governo Federal e oferece um desconto na conta de luz aos primeiros 220 kWh consumidos mensalmente por clientes residenciais. Entretanto durante a pandemia, de acordo com a medida provisória 950, de 8 de abril de 2020, as famílias estarão isentas 100% da cobrança.

Toda família com renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa inscrita no Cadastro Único ou que tenha algum integrante que receba o Benefício de Prestação Continuada (BPC) tem direito a descontos na conta de luz, através do programa Tarifa Social de Energia Elétrica.

Como se cadastrar?

Para não precisar pagar, é preciso solicitar o cadastramento no programa Tarifa Social de Energia Elétrica. Cabe ressaltar que é necessário estar com os dados do Cadastro Único em dia, e comparecer ao Centro de Referência de Assistência Social (Cras), portando o Cadastro de Pessoa Física (CPF) e comprovante de residência.

2) Conta de Água

Na tentativa de amenizar o impacto financeiro na população, Estados e municípios brasileiros estão adotando medidas de isenção e descontos nas contas de água e luz.

Dessa forma, como em cada localidade a iniciativa é diferente, é muito importante que você verifique junto a sua concessionária se o desconto ou isenção está previsto na sua cidade.

Por exemplo, para quem mora no Estado de São Paulo e faz parte da categoria Residencial Favela, estará isento até junho de 2020.

3) Empréstimo pessoal

Para quem possui empréstimos, este é um dos serviços que não precisa pagar, e é possível solicitar a pausa estendida nos contratos. Todos os grandes bancos disponibilizaram uma maneira de solicitar, por meio do internet ranking ou aplicativo.

Entretanto, a pausa nos empréstimos não é liberada para todas as linhas de crédito. O Banco Santander, por exemplo, liberou a pausa no crédito pessoal (empréstimo), unificado, renegociação e crédito direto ao consumidor (CDC) feito apenas nas agências do Santander.

4) Empréstimo consignado

No dia 20 de abril de 2020, a Justiça Federal determinou a suspensão do desconto em folha de empréstimo consignado ao longo dos próximos quatro meses.

Entretanto, a operacionalização dessa operação deverá acontecer pelos próprios bancos, que deixarão de fazer o repasse do desconto às fontes pagadoras.

5) Financiamentos habitacionais

Na Caixa Econômica Federal é possível solicitar a pausa estendida nos contratos de financiamentos imobiliários por 90 dias, e este período será prorrogado por até 120 dias, ou enquanto durar a pandemia.

Entretanto, é muito importante que você verifique qual é a sua necessidade financeira de pausar um empréstimo e o quanto isso vai impactar no montante da sua dívida junto a instituição financeira.

6) Financiamentos de veículos

Os bancos também liberaram pausa de até 60 dias no financiamento de veículos, sem alterar a taxa de juros na operação. Neste caso, é imprescindível que você verifique junto ao seu banco sobre esta possibilidade, e analise a taxa de juros e as condições propostas.

Enfim, gostou da matéria com os serviços que você não precisa pagar durante a pandemia?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

imagem: Aleksandr Ryzhov via shutterstock

Comentários
Carregando...