Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Shopee: Reclamações no Procon-SP aumentam 2.600% em quase 1 ano

Dificuldades de reembolso e devolução de valores pagos é o principal motivo das reclamações.

0

O sucesso de vendas da Shopee chamou a atenção de órgãos como o Procon-SP, mas não por um bom motivo. Afinal, os clientes do e-commerce de Singapura, estão cada vez mais insatisfeitos com as compras na empresa. De acordo com o Procon-SP, em quase um ano, as reclamações sobre a plataforma Shopee aumentaram 2.600%: há 1.587 reclamações entre os meses de setembro de 2020 e agosto de 2021. 

Shopee bate gigantes e se torna o app de compras mais baixado em julho

Shopee: Reclamações no Procon-SP aumentam 2.600% em quase 1 ano

Em setembro do ano passado, foram registradas 8 reclamações pelo Procon-SP no total. Já ao final do ano, no entanto, o número saltou para 122 queixas, o que representou um aumento de 1.500%. Mas, até o fim de agosto de 2021, as reclamações dispararam para 208, o que representa um aumento de 2.600%. 

Em suma, entre os principais motivos das reclamações, o Procon-SP destaca: 

Causa Número de reclamações
Dificuldades de reembolso e devolução de valores pagos 160
Ausência ou demora na entrega de produtos 68
Delivery de produtos incompletos, diferentes do anunciado ou danificados 63
Dificuldade de contato e demora no atendimento 29
Venda ou publicidade enganosa 28

De acordo com o diretor executivo do Procon-SP, Fernando Capez, dar grandes descontos é uma prática permitida, “desde que não seja uma forma de atrair a pessoa para um golpe”. Além disso, Capez afirma que o problema da Shopee é no pós-venda. É dito isso, pois há muitas reclamações do consumidor sobre isso.

“A empresa não dá satisfação ao consumidor. Há atrasos na entrega, e o cliente está reclamando que os preços nas ofertas são menores do que o da compra final. A empresa diz que não considerou o frete, que não reavaliou o preço. Nesse sentido, o papel do Procon-SP é notificar a Shopee para explicar sua responsabilidade [pelas reclamações]”, finaliza Capez.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o FacebookTwitterTwitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de créditoempréstimosfintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: Fijar Maulidah / Shutterstock.com

Comentários do Facebook

- Publicidade -