Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

URGENTE: Receita Federal envia mais de 16 mil cartas de regularização; saiba se recebeu

Receita Federal envia mais de 16 mil cartas de regularização. Verifique se você foi um dos destinatários e o que fazer.

A Receita Federal tomou uma medida significativa esta semana ao enviar 16.188 cartas a 14.501 pessoas físicas e 1.687 jurídicas. Essas correspondências fazem parte de uma operação especial para promover a regularização de obras de construção civil. A ação abrange construções a partir de 150m² em todos os estados, exceto Amapá e Distrito Federal, cujos alvarás foram emitidos em 2019.

O objetivo deste movimento é estimular os responsáveis pelas obras a se adequarem às normas fiscais vigentes. Ignorar tal medida pode acarretar graves consequências, incluindo pesadas multas. A data limite estipulada para essa regularização é 10 de julho deste ano.

Por que a Receita Federal está enviando essas cartas agora?

Sistemas da Receita Federal
Imagem: rafapress / shutterstock.com

Essa estratégia faz parte de uma política mais ampla de prevenção. Ao informar antecipadamente os responsáveis pelas obras, a Receita busca assegurar que todos tenham a oportunidade de regularizar sua situação antes de iniciar qualquer tipo de fiscalização mais rigorosa.

Trata-se de uma típica ação de incentivo à autorregularização por parte dos contribuintes, evitando assim litígios que consomem tempo e recursos tanto dos particulares quanto do próprio órgão governamental.

O que você precisa fazer para regularizar sua obra

Os detalhes para a regularização das obras foram claramente explicados nas correspondências enviadas. Todos os procedimentos necessários devem ser realizados através do Portal e-CAC da Receita Federal, assegurando a segurança e a legitimidade da operação.

É fundamental acessar sempre o domínio oficial .gov.br para qualquer transação ou consulta.

Receita Federal alerta contra fraudes durante o processo

A Receita Federal também fez um alerta importante sobre possíveis tentativas de fraudes. Estas fraudes podem surgir, especialmente em um período de intensa comunicação entre o órgão e os contribuintes.

A instituição faz um lembrete crucial: nunca envia SMS ou WhatsApp com links para pagamentos ou solicitações de regularização. Todas as cobranças legítimas são realizadas via DARF, um documento oficial de arrecadação. É da maior importância que, ao receber qualquer tipo de comunicação suspeita, essa seja reportada imediatamente.

O prazo para a regularização é crucial e, passado esse período, a Receita iniciará uma série de fiscalizações, podendo aplicar multas que variam de 75% a 225% sobre os tributos devidos naqueles casos de não conformidade.

Condições especiais no Rio Grande do Sul

Em uma nota à parte, a Receita Federal informou que os contribuintes do Rio Grande do Sul que residem em municípios afetados por calamidades públicas devido a eventos climáticos não receberão essas cartas.

Veja também:

Cartão com auxílio de R$ 3 mil começa a ser entregue; veja se você tem direito

Essa decisão considera a situação excepcional que esses contribuintes estão enfrentando, demonstrando flexibilidade nas políticas de fiscalização e cobrança neste momento específico.

Imagem: Brenda Rocha – Blossom/shutterstock.com