Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Uso indevido da logomarca do INSS pode acarretar em prisão; entenda

O uso indevido da logomarca do INSS pode resultar em sanções legais, incluindo possível prisão. Entenda as implicações dessa infração.

Recentemente, as autoridades detiveram um indivíduo por usar de maneira inadequada a logomarca do INSS, chamando a atenção para o crescente uso indevido das imagens e marcas de autarquias federais. O incidente ocorreu em frente a uma Agência da Previdência Social na cidade de Governador Valadares, em Minas Gerais.

Servidores do INSS identificaram um carro ornamentado com adesivos que simulavam a identidade visual do órgão. Funcionários do INSS, ao notarem a presença suspeita do veículo, não hesitaram em contactar as autoridades. A Polícia Federal, prontamente, respondeu ao chamado, resultando na prisão do condutor do veículo por uso indevido da marca.

O que se sabe sobre o detido?

O homem, de 45 anos, cuja identidade está sendo mantida em reserva, é suspeito de realizar ações ilegais, agenciando pessoas para obter vantagens ilícitas em serviços relacionados ao INSS. Esta detenção levanta questões críticas sobre a segurança e o uso indevido de informações e identidades de entidades federais.

Fachada do prédio da Previdência Social que possui filas do INSS
Imagem: rafastockbr / Shutterstock.com

Proliferação de fraudes envolvendo o INSS

Este não é um caso isolado. Nos últimos dias, houve um aumento nos registros de uso impróprio do nome e dos serviços do INSS para práticas fraudulentas.

  • Uso de influencers para divulgação de falsos benefícios
  • Casais se passando por agentes do INSS realizando “prova de vida presencial” domiciliar
  • Páginas e perfis falsos em redes sociais simulando serem canais oficiais

Como se proteger de fraudes similares?

É fundamental que os cidadãos estejam alertas e utilizem apenas os canais oficiais para qualquer serviço ou consulta relacionada ao INSS. Estes incluem:

  1. Aplicativo Meu INSS
  2. Central de Atendimento 135
  3. Agências da Previdência Social

A recomendação é nunca fornecer dados pessoais ou bancários por meio de contatos não verificados. Ao menor sinal de atividade suspeita, os cidadãos devem reportar imediatamente às autoridades competentes. O INSS, em colaboração com a Policia Federal, está aumentando os esforços para identificar e prevenir incidentes semelhantes.

Veja também:

Quer economizar no Dia das Mães? Estes aplicativos vão te ajudar

A instrução é clara: qualquer tentativa de fraudar ou extorquir beneficiários será combatida com todo o rigor da lei. A segurança dos segurados é uma prioridade absoluta e todas as medidas necessárias estão sendo adotadas para garantir que seus direitos e benefícios estejam protegidos contra malfeitores.

Imagem: SERGIO V S RANGEL/shutterstock.com