Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Em apenas dois meses, 107 milhões de pessoas solicitaram o Auxílio Emergencial

0

Durante os dois meses de cadastramento do benefício pago pelo governo federal para trabalhadores informais, 107 milhões de pessoas solicitaram o Auxílio Emergencial. Na última quarta-feira (3), o presidente da Caixa Econômica Federal Pedro Guimarães fez o balanço do programa.

É provável que você também goste:

Itaucard reduz taxa de juros no parcelamento da fatura do cartão de crédito

Auxílio emergencial pode ser estendido em mais duas parcelas de R$ 300

Banco Santander abre seleção para contratar 1500 profissionais

Em apenas dois meses, 107 milhões de pessoas solicitaram o Auxílio Emergencial

Depois de aproximadamente dois meses desde que o cadastramento para o Auxílio Emergencial do governo começou, em 7 de abril, o número de cadastros é cada vez maior. Até o dia 3 de junho, quarta-feira, eram 107 milhões de pessoas na lista de solicitações para receber o benefício. Foi isso que revelou Pedro Guimarães, presidente da Caixa Econômica Federal.

Além disso, entre os dias 2 e 3, mais de 100 mil novos cadastros foram solicitados. Estes são pedidos para receber os R$ 600 ou R$ 1.200 do benefício.

Número de pedidos do Auxílio Emergencial em análise chega a 11,1 milhões

Com o novo número de solicitações, agora são 11,1 milhões de pessoas que solicitaram o Auxílio Emergencial e estão aguardando a análise e aprovação do benefício. Destes, existem 5,8 milhões de cadastros em primeira análise, enquanto outros 5,3 milhões estão em segunda ou terceira análise. Estas etapas adicionais acontecem quando o cadastro é considerado inconsistente e a Caixa permite a contestação da resposta, ou até mesmo a correção de informações.

Mas o número real de benefícios aprovados é menor: são 59 milhões de brasileiros que solicitaram o Auxílio Emergencial e foram aprovados. Outros 42 milhões foram considerados inelegíveis por não cumprir os requisitos estabelecidos pelo programa.

Para quem ainda precisa solicitar o benefício, o cadastro pode ser feito através dos canais da Caixa Econômica Federal:

Saiba mais: Confira dicas e cuidados da Caixa para se proteger do golpe do auxílio emergencial.

Chega ao fim o pagamento da segunda parcela aos beneficiários

Na última sexta-feira, dia 29 de maio, a Caixa terminou de fazer os créditos da segunda parcela nas contas dos beneficiários. Conforme balanço do banco, foram desembolsados até agora R$ 76,6 bilhões, considerando as duas parcelas pagas. Valor esse que foi recebido por 58,6 milhões de pessoas em alguma das parcelas do benefício. Ao observar os valores apenas da segunda parcela do Auxílio Emergencial, foram 19,5 milhões de brasileiros que receberam um montante de R$ 35,5 bilhões. 

Além disso, foram divulgados o números separando os valores pagos a brasileiros que já recebiam outros benefícios do governo federal:

  • Beneficiários do Bolsa família receberam R$ 30,3 bilhões.
  • Inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) receberam R$ 14 bilhões.
  • Por fim, foram R$ 32,3 bilhões para trabalhadores informais que solicitaram o Auxílio Emergencial pelo site ou aplicativo do programa.

Desde o dia 30 de maio, e até o dia 13 de junho, os beneficiários têm acesso ao dinheiro da segunda parcela. Os saques podem ser realizados conforme cronograma baseado no mês de aniversário.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o Facebook, Twitter e Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem destacada: Brenda Rocha / Shutterstock.com

Comentários
Carregando...