Com a pandemia de coronavírus impactando a rotina das pessoas em todo o mundo, o trabalho de casa e o isolamento se tornam cada dia mais comuns. Afinal, ficar em casa é a melhor forma de evitar que o vírus se espalhe. Mas nem por isso todos estamos de férias. Quem tem a oportunidade de ficar em casa para se proteger do Coronavírus pode fazer diversas coisas para melhorar a própria vida nesse período. Uma delas é cuidar das finanças enquanto está em casa.

É provável que você também goste:

CUIDADO: Paciente que descumprir quarentena poderá ser preso e multado

Israel criou a vacina do coronavírus e ela deve chegar em maio?

Curso de finanças da Nathalia Arcuri premia o melhor aluno com R$ 10 mil

5 coisas que você pode fazer pelas suas finanças em sua casa

Abaixo estão cinco formas de fazer algo pela sua saúde financeira enquanto está em casa, aproveitando apenas a internet e seu conhecimento para dar um passo adiante no seu processo de independência e tranquilidade financeira:

1. Criar suas planilhas de gastos e ganhos

Antes de mais nada, para melhorar a sua situação financeira é fundamental conhecer o seu estado atual quando o assunto é dinheiro. Aproveite o tempinho em casa para criar as suas planilhas ou usar modelos disponíveis na internet.

Anote os seus gastos fixos, gastos previstos para o ano (como as datas comemorativas e aniversários), o seu salário atual, as suas dívidas etc. Veja bem o quanto de fato você ganha e o quanto você está gastando por mês.

Nessa mesma planilha você pode estipular um orçamento para cada categoria de gastos que você tem. Anote quanto você pretende gastar por mês com alimentação, lazer, compras, educação etc. Depois, registre o quanto de fato você gastou.

2. Aprender sobre investimentos na internet

Com os canais do Youtube e os cursos online, fica cada vez mais fácil aprender sobre os primeiros passos para se tornar um investidor. Você não precisa de um curso para isso nem ter muito dinheiro. A partir de R$ 32 já é possível começar a investir no Tesouro Direto, por exemplo.

Tire os seus dias em casa para estudar como funciona esse mundo de investimentos, conhecer o seu perfil de investidor, criar a sua conta na corretora de valores e começar a fazer seu dinheiro trabalhar para você. Alguns canais que indicamos para isso no Youtube são o Me Poupe, O Primo Rico, Economirna, Gustavo Cerbasi e Finanças Femininas.

3. Estabelecer suas metas financeiras

Sem ter metas definidas, você perde a motivação facilmente e acaba desistindo de preencher suas planilhas, economizar para investir, estudar sobre finanças etc. Portanto, quanto mais claros forem os seus objetivos, mais fácil ficará o processo de mudar a sua vida financeira. Por isso, registre quais são as suas metas, seja no papel, na planilha ou no aplicativo.

Depois, descubra de quanto você precisa e monte o seu plano de ação. Quanto você precisará investir por mês? O que precisará aprender? Como pode aumentar a sua renda para atingir esses objetivos mais rapidamente?

O ideal é sempre ter objetivos de curto, médio e longo prazo. Você terá um tipo de estratégia para cada um deles. Para os de curto prazo, bons investimentos são aqueles com resgate imediato, como o Tesouro Selic. Já os de longo prazo podem ser aplicações bancárias, outros títulos do Tesouro Direto e, em alguns casos, as ações da bolsa de valores.

4. Conhecer aplicativos que ajudem no dia-a-dia

Usar apps para controlar seus gastos diários, conferir extratos de suas contas e obter dicas de finanças pode ser uma verdadeira mão na roda para atingir seus objetivos mais rapidamente. Os aplicativos tornam o processo de economizar uma espécie de jogo e te motivam a se organizar melhor.

Alguns aplicativos famosos que você pode baixar são o GuiaBolso, o Mobills, o Wisecash, o Spendee, o Wallet e o Fortuno. A maioria está disponível tanto para Android quanto para IOS e tem versões gratuitas e pagas.

Assim você se policia melhor para anotar os gastos do dia-a-dia, como cafés e restaurantes, e sempre sabe o quanto você tem disponível para gastar antes de fazer uma compra. Alguns aplicativos de corretoras, como a Warren, ainda te ajudam a escolher bons investimentos de acordo com seus objetivos.

5. Começar alguma forma de renda extra

Se você está em casa e está preocupado com a sua situação financeira, uma boa ideia é já começar a fazer uma renda extra usando os recursos que você tem. Use a internet a seu favor e comece o projeto que você sempre quis fazer.

Você pode começar um canal de Youtube ou projeto de redes sociais para ensinar algo que você sabe e depois receber patrocínio. Você pode fazer doces para vender pelas redes sociais, principalmente em datas comemorativas. Outra opção é vender o que você tem em casa e não usa, desde que esteja em bom estado. O site Enjoei é uma boa forma de fazer essas vendas.

E você, como vai usar esses dias em casa para melhorar a sua vida financeira?

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem: Paige Cody / Unsplash