Abono salarial do PIS/Pasep será extinto para criar o Renda Brasil

- Publicidade -

Abono salarial do PIS/Pasep será extinto para criar o Renda Brasil. O governo federal está mirando no abono salarial do PIS/Pasep para viabilizar a criação do Programa Renda Brasil. O novo programa tem objetivo de unificar programas sociais, como o Bolsa Família e o auxílio emergencial.

É provável que você também goste:

Projeto permite ao trabalhador demitido receber mais parcelas do seguro-desemprego

Novo golpe usa e-mail falso do Nubank em uma suposta pesquisa, para roubar dados dos usuários

Itaú Unibanco abre dezenas de vagas de emprego em vários estados

Abono salarial do PIS/Pasep será extinto para criar o Renda Brasil

O abono do PIS/Pasep, atualmente, pode chegar a um salário mínimo (R$ 1045) e é voltado quem ganha até dois (R$ 2.090).

- Publicidade -

O novo programa terá aproximadamente 38 milhões de brasileiros incluídos. Ou seja, são aquelas pessoas que foram identificadas no auxílio emergencial, que é concedido a trabalhadores de baixa renda para diminuir os impactos da pandemia do novo coronavírus.

Abono salarial extinto

No Brasil, 21,8 milhões de trabalhadores recebem o abono salarial, sendo que ele é pago anualmente a trabalhadores que recebem até dois salários mínimos (R$ 2.090). O valor é pago de forma proporcional ao tempo de serviço do trabalhador no ano-base em questão e pode chegar a um salário-mínimo.

Além disso, o trabalhador precisa ter trabalhado no mínimo 30 dias com carteira assinada por empresa no ano-base. Por fim, é necessário que esteja cadastrado no PIS há pelo menos cinco ano, assim como ter os seus dados informados de forma correta pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS).

Unificação de Programas

A iniciativa, portanto, teria um unificação entre todos os programas sociais. Além disso, teria uma criação de uma nova iniciativa de renda mínima permanente, o que faria assim ser mais abrangente do que o Bolsa Família.

Benefícios que podem ser unificados ao Renda Brasil:

  • Abono salarial;
  • Auxílio Emergencial;
  • Bolsa Família;
  • Seguro-defeso (pago a pescadores artesanais no período de reprodução dos peixes, quando a pesca é proibida);
  • Farmácia Popular;

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

- Publicidade -
Luiz Felipe Kesslerhttps://seucreditodigital.com.br/author/kessler/
Entusiasta de fintechs e tudo o que a tecnologia proporciona de facilidades em nossas vidas. Graduado em Administração de Empresas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Co-Fundador do site Seu Crédito Digital.
- Publicidade -

Últimas Notícias

FGTS pode liberar duas novas modalidades de saque em breve (saque-educação e saúde)

Está prestes a ser votado em Plenário um projeto que cria mais duas novas modalidades de saque no FGTS (Fundo de Garantia do Tempo...

SPC/Serasa e Boa Vista são obrigados a retirar negativação após 5 anos?

Atualmente, existem 4 birôs de credito aqui no Brasil: SPC Brasil, Serasa Experian, Boa Vista e Quod. Cada um deles possui um banco de...

Nexoos lança aplicativo gratuito para investidores individuais (P2P)

A partir de agora, os investidores individuais (P2P) da Nexoos, a maior fintech de crédito para empresas, autorizada pelo BACEN como Instituição Financeira SEP, contam com...

Beneficiários do Bolsa Família vão ganhar o décimo terceiro e não falta muito, confira as datas

Há um tempo atrás, o pagamento do décimo terceiro para beneficiários do Bolsa Família foi confirmado pelo governo. Isso foi prometido em junho deste...
- Publicidade -