Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Caixa, Bradesco, Itaú e outros 7 bancos são investigados por abusos na oferta de crédito consignado a idosos

0

Foram instaurados processos administrativos pelo Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC) contra dez bancos. A suspeita se deve a irregularidades na oferta de crédito consignado para idosos.

10 bancos são investigados por abusos na oferta de crédito consignado a idosos

As instituições financeiras que foram notificadas são Caixa, Banco Itaú Consignado, Banco Bradesco e Banco Bradesco Financiamentos, Banco do Estado do Rio Grande do Sul (Banrisul), Banco Pan, Banco Cetelem, Banco Olé Bonsucesso Consignado, Banco Safra e Banco BMG.

É provável que você também goste:

Seja membro

Mais de 11 mil famílias já pediram desligamento do Bolsa Família em 2019.

Bradesco está cancelando cartões em massa?

Caixa abre sábado e domingo para liberar recursos do FGTS e do PIS.

Depois da notificação, as empresas contam com dez dias para apresentar a defesa. Mas se forem confirmadas as infrações, ela poderão ser multadas em até R$ 9,7 milhões. As notificações estão formalizadas no Diário Oficial da União (DOU). Os despachos foram realizados pelo DPDC, órgão da Secretaria Nacional do Consumidor e Ministério da Justiça.

o Departamento informou, em nota, que os bancos serão investigados “em razão de suposta exploração da hipervulnerabilidade do idoso”. Além disso, segundo o DPDC, há registros de possíveis práticas abusivas, e exposição indevida de dados pessoais, relacionadas à oferta de empréstimos consignados por ligações telefônicas para idosos, aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Além disso, o DPDC disse que vai investigar se os abusos cometidos pelos bancos, nas ofertas de crédito consignado, foram realizadas por telefone, como os dados dos idosos foram empregados e como foi a abordagem dos consumidores inativos para as contratações. Também será avaliado se foi atendida a forma exigida por lei para a contratação de idoso analfabeto. Até porque Isso exige instrumento público ou procurador constituído.

Nota do DPDC

“É importante destacar que a oferta e concessão irregular e irresponsável de empréstimo consignado a aposentados é fator que concorre e potencializa o superendividamento dos idosos no Brasil. Os casos investigados denotam indícios de práticas bastante graves e extremamente nocivas aos consumidores, levando a situações extremas e, muitas vezes, irreversíveis de superendividamento. Nesse contexto, as abordagens realizadas por telefone para esse tipo de contratação, se demonstradas, além de abusivas na origem, aumentam ainda mais a dificuldade de o consumidor compreender o que está sendo ofertado e, consequentemente, compromete a sua manifestação de vontade, elemento essencial do ato de contratação”, alerta do DPDC na nota.

Enfim, gostou da matéria sobre o crédito consignado?

Então, nos siga em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Assim acompanhará artigos sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e tudo relacionado ao assunto de fintechs.

Comentários do Facebook

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.