Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Afinal, quem tem direiro ao auxílio-acidente?

Descubra tudo sobre o Auxílio-Acidente: quem tem direito, como solicitar e mais! Leia mais e entenda este importante benefício.

O auxílio-acidente é um benefício importante no sistema de seguridade social brasileiro, designado para amparar trabalhadores que sofreram acidentes afetando sua capacidade laborativa. Este artigo detalha o que é esse auxílio, quem tem direito a ele e como pode ser solicitado.

O auxílio-acidente é uma forma de indenização oferecida pelo INSS aos segurados que, devido a um acidente de qualquer natureza, apresentam sequelas permanentes que comprometem sua capacidade de trabalho. Este benefício é fundamental para garantir que o cidadão possa continuar sustentando sua vida mesmo com limitações.

Quem tem direito a receber este benefício?

Não são todos os trabalhadores que podem receber o auxílio-acidente. Existem critérios específicos que definem a elegibilidade, como:

  • Ter a qualidade de segurado no momento do acidente;
  • Ser filiado ao INSS por meio de categorias específicas na data do acidente, tais como empregado urbano/rural, empregado doméstico, trabalhador avulso ou segurado especial (trabalhador rural);
  • Não é exigido período de carência para o recebimento desse auxílio.

Como é o processo de solicitação do auxílio-acidente?

Para solicitar o auxílio-acidente é necessário seguir um procedimento padrão que começa com um contato inicial com a central de atendimento do INSS pelo número 135. Veja o passo a passo:

  1. Ligar para o número 135 e fazer o pedido do benefício;
  2. Aguardar o agendamento da perícia médica, onde será avaliado o grau das sequelas e sua influência na capacidade de trabalho;
  3. Consultar o andamento do processo pelo portal Meu INSS, acessando com a conta gov.br.
Pessoas, que aparentemente sofre acidente, tendo a mão enfaixada e em uma cadeira de rodas.
Imagem: jcomp/freepik

É essencial manter os dados cadastrais atualizados junto ao INSS e estar atento ao agendamento da perícia médica. Além disso, é importante estar munido de todos os documentos necessários, como CPF, documento com foto e documentos médicos que comprovem a lesão.

Permanecendo produtivo e gerenciando seus recursos

A obtenção do auxílio-acidente é só o começo. É crucial aprender a gerenciar os recursos recebidos para adaptar-se à nova realidade. Ademais, as estratégias de orçamento, controle financeiro e até mesmo novos treinamentos para adequação profissional podem fazer diferença na qualidade de vida do beneficiário.

Veja também:

Projeto que prevê o retorno do seguro DPVAT ganha aprovação; saiba mais

Entender profundamente o auxílio-acidente e seus desdobramentos permite que segurados e suas famílias planejem melhor o futuro, considerando os recursos disponíveis e as necessidades advenientes de um acidente. Se este artigo foi útil para você, não deixe de acessar outros conteúdos e ampliar seu conhecimento sobre seguridade social e gestão financeira pessoal.

Imagem: jcomp/freepik