Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Alerta geral sobre o INSS: governo quer cortar R$ 20 bilhões com pente-fino

A Previdência Social estima economizar R$ 20 bilhões dos benefícios do INSS; confira os detalhes desta perspectiva!

Os benefícios previdenciários e sociais do Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) são transferidos com base nas regras estabelecidas para cada um. Contudo, alguns beneficiários não cumprem as regras, e mesmo assim recebem o valor mensalmente.

Em vista disso, de tempos em tempos, é comum que o INSS realize seu temido pente-fino. Na prática, isso se trata de uma revisão dos benefícios, onde o órgão corta da lista de pagamento pessoas que não cumprem com as respectivas regras para o recebimento

Diante deste cenário, a ministra do Planejamento e Orçamento, Simone Tebet, revelou que no próximo pente-fino, o INSS cortará cerca de R$ 20 bilhões em benefícios. Ademais, essa análise acontece de acordo com os dados do Tribunal de Contas da União (TCU).

Pente-fino do INSS que pode gerar economia bilionária é defendido em proposta legislativa

O citado pente-fino do INSS é defendido em um Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA), que tem como principal objetivo gerar economia no cofre da Previdência Social. Diante disso, a diretora da Instituição Fiscal Independente (IFI), expressou sua opinião sobre a situação. Nesse sentido, ela destaca que a projeção antecipada aponta para um quadro positivo.

Contudo, para atingir o montante desejado, será necessário um empenho significativo e a alocação de recursos de grande magnitude. Ademais, a diretora da IFI aponta ainda que, sob sua perspectiva, é difícil imaginar uma economia com uma quantidade tão notável de recursos, conforme indicado. 

Por fim, o especialista em contas públicas, Murilo Viana, recorda que a iniciativa de poupar recursos faz parte de um cenário em que o governo está explorando estratégias para eliminar o déficit primário no ano que vem.

Perspectivas financeiras do cofre da Previdência Social

Naturalmente, a Previdência Social já possui um déficit bilionário em sua conta. Uma parte desse rombo, que está previsto em mais de R$ 270 bilhões, se deve ao fato de mais de 37 milhões de pessoas receberem benefícios de modo indevido.

Veja também:

STF pode fazer grande mudança na licença-paternidade esta semana; entenda

Além disso, há uma necessidade de reforma previdenciária a longo prazo. Isso porque, a população idosa tem aumentado no país, enquanto a população jovem – ou seja, os contribuintes – está em redução.

Ademais, Viana comentou sobre o Benefício por Prestação Continuada (BPC) e a aposentadoria rural do INSS. Isso porque, esses benefícios são os que concentram os maiores índices de contemplados que recebem indevidamente. 

Imagem: SERGIO V S RANGEL/shutterstock.com