Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

App Renda Brasil: Governo vai criar app para cadastro e consulta

O Governo Federal estuda a criação de um aplicativo específico para o programa Renda Brasil. O app deverá atender os beneficiários com a oferta dos serviços mais importantes, como cadastro e consultas, por exemplo. A previsão é de que o app seja lançado entre os meses de setembro e outubro de 2020.

É provável que você também goste:

Caixa deposita hoje (24) FGTS emergencial de até R$ 1.045 para mais beneficiários

Caixa Tem: como resolver o erro “the request is blocket”

Caixa Tem: agora você pode transferir GRÁTIS o BEm, o FGTS e o auxílio emergencial 24h por dia

App Renda Brasil: Governo vai criar app para cadastro e consulta

A proposta é que o Renda Brasil seja uma plataforma que contemple todos os programas assistenciais do governo. A ideia do governo é que o lançamento da nova plataforma aconteça logo na sequência do auxílio emergencial. O novo programa vai unir o Bolsa Família, o abono salarial, o seguro-defeso e o salário família. Ou seja, com isso, seria pago um valor superior ao programa anterior.

Entretanto, cabe ressaltar que outros aplicativos criados pelo Governo Federal para auxiliar a população durante a pandemia do coronavírus não ofereceram uma boa experiência. Vários problemas como fraudes, bugs e demora no acesso, por exemplo, aconteceram com frequência no App Caixa Tem.

A expectativa é que os erros anteriores ajudem a evitar problemas futuros com a nova aplicação do Governo. Portanto, a ideia é que o cidadão possa realizar o seu cadastro no aplicativo pelos dispositivos móveis e, logo em seguida, poderá ter acesso aos programas assistenciais do governo federal.

Renda Brasil ajuda na popularidade do governo

A criação do programa que vai substituir o Bolsa Família seria uma marca do atual governo Bolsonaro. Um exemplo de programa assistencialista que aumentou consideravelmente a popularidade do presidente Jair Bolsonaro foi o auxílio emergencial. Nesse sentido, políticos de oposição ao governo afirma que a iniciativa de prorrogação do pagamento do benefício trata-se de apenas uma jogada política.

O presidente está estudando, junto à sua equipe de economia, a prorrogação do auxílio emergencial até o final de 2020. Após isso, o Bolsa Família seria substituído pelo programa Renda Brasil, que tem a previsão de ser lançado em janeiro de 2021.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Assim continuará acompanhando artigos sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, empréstimos e tudo relacionado ao assunto de fintechs.

Imagem: Vergani Fotografia via shutterstock

Comentários
Carregando...