A segunda parcela do Auxílio Emergencial de R$ 600 (e que pode ser estendido para R$ 1,2 mil para mães solteiras) já começou a ser depositada. Nesta quinta, por exemplo, outros três grupos começaram a receber a segunda parcela do benefício. Porém, segundo a Caixa, os beneficiários do auxílio para contas fora da Caixa terão seu depósito feito apenas após o dia 30.

É provável que você também goste:

Banco Olé leva multa por cobrança indevida de empréstimo.

Caixa bloqueia transferência de dinheiro, contrariando a lei do Auxílio Emergencial.

Tutorial: Como sacar o auxílio emergencial no Banco24h antes das datas de saque?

A seguir, entenda quando e de que forma o dinheiro será depositado nas contas fora da Caixa e quais são as datas estabelecidas para o saque em espécie da segunda parcela.

Como será depositado o benefício para contas fora da Caixa?

De acordo com a Caixa Econômica Federal, o dinheiro será depositado automaticamente na conta-corrente correspondente no período de 30 de maio a 13 de junho, seguindo o mesmo cronograma estabelecido para o saque em espécie da segunda parcela.

Entretanto, para quem não possui contas fora da Caixa, o auxílio será depositado de 20 a 26 de maio nas contas de poupança digital do banco, sempre de acordo com o mês de nascimento do beneficiário. Além disso, até o dia 29 de maio, o dinheiro recebido poderá ser movimentado apenas por meio do aplicativo Caixa Tem. Assim, somente após esse prazo o saque poderá ser feito.

Com o aplicativo Caixa Tem, quem teve direito a receber o Auxílio Emergencial poderá realizar o pagamento de boletos e contas domésticas — como água, luz e telefone —, além de realizar compras em estabelecimentos parceiros, incluindo diferentes supermercados e lojas.

Banco libera balanço sobre clientes e contas fora da Caixa

Até a última quarta-feira (20), a Caixa havia pago o Auxílio Emergencial a 51,6 milhões de brasileiros, totalizando R$ 44,3 bilhões. Esse número é a soma dos depósitos tanto da primeira parcela quanto da segunda. De acordo com a Caixa, até o final do mês, a expectativa é ter entregado o auxílio a 59 milhões de brasileiros, uma vez que cerca de 8,3 milhões de pessoas tiveram o benefício aprovado há pouco tempo.

Com isso, algumas pessoas ainda estão fazendo o saque da primeira parcela do Auxílio Emergencial. Porém, na última sexta-feira (15), a Dataprev, empresa responsável por analisar os pedidos do benefício, liberou o restante dos pedidos em aberto, inclusive aqueles com contas fora da Caixa.

Além disso, o banco também apresentou um resumo (ou balanço) do benefício emergencial. De acordo com o banco, de 4 a 20 de maio, foram pagos aproximadamente R$ 1,9 bilhão a 2 milhões de trabalhadores. Desse valor, R$ 1,2 bilhão foi depositado em contas da Caixa. Enquanto isso, o número restante recebeu o depósito do auxílio em contas fora da Caixa, ou por meio do Cartão Cidadão.

Confira o calendário de pagamentos para clientes Caixa

Além disso, para quem não possui contas fora da Caixa, o depósito da segunda parcela do Auxílio Emergencial, sem direito a saque antes do dia 30, segue de acordo com as seguintes datas:

  • 20 de maio – nascidos em janeiro e fevereiro (5 milhões de pessoas);
  • 21 de maio – nascidos em março e abril (5,3 milhões de pessoas);
  • 22 de maio – nascidos em maio e junho (5,3 milhões de pessoas);
  • 23 de maio – nascidos em julho e agosto (5,2 milhões de pessoas);
  • 25 de maio – nascidos em setembro e outubro (5,2 milhões de pessoas);
  • 26 de maio – nascidos em novembro e dezembro (5 milhões de pessoas).

Calendário de saque da segunda parcela do auxílio disponível em espécie

Além de ser feito o pagamento para pessoas para contas fora da Caixa, o banco também libera a partir do dia 30 o saque em dinheiro do benefício, bem como as transferências. Confira o calendário:

  • 30 de maio – nascidos em janeiro (2,6 milhões de pessoas);
  • 1 de junho – nascidos em fevereiro (2,4 milhões de pessoas);
  • 2 de junho – nascidos em março (2,7 milhões de pessoas);
  • 3 de junho – nascidos em abril (2,6 milhões de pessoas);
  • 4 de junho – nascidos em maio (2,7 milhões de pessoas);
  • 5 de junho – nascidos em junho (2,6 milhões de pessoas);
  • 6 de junho – nascidos em julho (2,6 milhões de pessoas);
  • 8 de junho – nascidos em agosto (2,6 milhões de pessoas);
  • 9 de junho – nascidos em setembro (2,6 milhões de pessoas);
  • 10 de junho – nascidos em outubro (2,6 milhões de pessoas);
  • 12 de junho – nascidos em novembro (2,5 milhões de pessoas);
  • 13 de junho – nascidos em dezembro (2,5 milhões de pessoas).

Atenção ao novo prazo para solicitar o Auxílio Emergencial

Importante lembrar que ainda é possível fazer o pedido do benefício, mesmo aqueles que possuem contas fora da Caixa. Sendo assim, quem ainda não fez a solicitação do auxílio terá até o dia 3 de julho para pedir ao governo o valor de R$ 600. Além disso, a data inicial, estipulada no dia 2 de julho, foi estendida pelo governo, que entendeu ser necessário dar mais um dia de prazo para os beneficiários fazerem os pedidos.

Enfim, gostou da matéria sobre pagamento do auxílio para contas fora da Caixa?

Então, nos siga no YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem destacada: Brenda Rocha / Shutterstock.com