Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Presidente da Câmara diz que o Auxílio Emergencial vai ser de R$ 250

Benefício deve ser pago em 4 parcelas, até junho de 2021.

0

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), disse nesta segunda-feira (1) que o valor do novo auxílio emergencial deverá ser de R$ 250 mensais. Além disso, ele confirmou que o benefício será pago em quatro parcelas. Em entrevista à Record TV, o parlamentar disse que a leitura da PEC Emergencial, que inclui o pagamento, deverá ser feita nesta terça (2), e a votação no Senado ocorrerá na quarta-feira.

“A previsão é de que seja em torno de R$ 250, a princípio por 4 meses, pagando-se agora março, abril, maio e junho”, disse ele. O presidente da Câmara também twittou a notícia em suas redes sociais. Confira o tweet:

É provável que você também goste:

Bolsonaro diz que governadores que fecham comércio deveriam bancar auxílio emergencial

Crefisa oferece empréstimo online sem consulta ao SPC e Serasa

Como declarar o saque emergencial do FGTS no Imposto de Renda 2021?

Auxílio Emergencial vai ser de R$ 250 e será pago até junho

Hoje, a PEC é a grande aposta do governo para destravar um novo auxílio emergencial e, ao mesmo tempo, tentar conter os gastos públicos. O texto estava na pauta de quinta-feira (25), mas o governo adiou a discussão. Afinal, a proposta é extensa e possui alguns pontos muito controversos. Um deles, por exemplo, é o fim do piso de gastos com saúde e educação. Entretanto, a PEC ainda precisa passar pela Câmara para entrar em vigor.

De acordo com Lira, o assunto esteve na pauta do encontro com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e alguns de seus ministros ainda no domingo (28). Durante a entrevista, o parlamentar também disse que o país poderá ter cerca de 140 milhões de doses de vacinas contra a covid-19 disponíveis nos meses de março, abril e maio. No entanto, ele não detalhou de onde viriam esses imunizantes.

Governo espera avanço da vacinação nos próximos meses

Por fim, a vacinação é realmente uma das maiores preocupações neste momento. Isso porque depende desse movimento uma recuperação mais consistente da economia. Assim, o presidente da Câmara afirmou que as autoridades estão trabalhando duramente para que toda a população seja vacinada o mais rápido possível.

“É a única saída que nós temos para garantir a saúde da população e amadurecimento da economia”, avaliou durante entrevista. Enfim, Lira ainda explicou o motivo pelo qual é contrário à instalação de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) sobre as ações do Governo Federal no combate à pandemia neste momento. Para ele, a hora é de “concentrar esforços para buscar saídas para a crise”.

Enfim, gostou da notícia sobre o novo Auxílio Emergencial?

Então é só seguir o Seu Crédito Digital o YouTubeFacebookTwitterInstagram e Twitch. Assim você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos etc. Siga a gente para saber mais!

Imagem: Brenda Rocha – Blossom / Shutterstock.com

Comentários
Carregando...