Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Bolsonaro anuncia data de início do auxílio emergencial durante live

Confira a distribuição dos valores para cada grupo.

0

Durante uma live curta nesta quinta-feira (25), o presidente Jair Bolsonaro falou novamente sobre o pagamento do Auxílio Emergencial. Entre os anúncios, ele afirmou que terá início “na semana que vem”, mas depois reiterou dizendo que o auxílio emergencial será liberado no dia 4 (domingo) ou 5 (segunda-feira) de abril.

É provável que você também goste:

Confira as vagas de emprego no Nubank

INSS: 1ª parcela do 13º de beneficiários pode sair semana que vem

Dataprev vai liberar lista de aprovados do auxílio emergencial dia 01/04

Caixa Tem: atualização induz cliente a aceitar cobrança de serviços

Dessa forma, como já foi dito pelo governo, a previsão é que o benefício seja pago em quatro parcelas entre os meses de abril a julho. Já os saques residuais ocorrem até agosto. Desta vez, os valores serão de R$ 150, R$ 250 e R$ 375, variando de acordo com a composição familiar. Sendo assim, mães chefes de família terão direito à maior cota, de R$ 375.

Bolsonaro anuncia data de início do auxílio emergencial para abril

Além de falar sobre o Auxílio Emergencial, Bolsonaro também criticou as medidas de isolamento social, mesmo durante o pior momento da pandemia no país. Após dizer ter visitado uma comunidade em Taguatinga (DF), o presidente afirmou que “as pessoas estão em situação complicada. A alimentação acabou”. Bolsonaro também acrescentou que o Auxílio “já é o maior programa social do mundo, para atender exatamente aqueles que foram atingidos pela política do ‘fica em casa e feche tudo'”.

Contudo, diferente de outras ocasiões, Bolsonaro não fez críticas diretas aos governadores e prefeitos. Além disso, ele foi menos agressivo na defesa do “tratamento precoce”, como o uso da cloroquina, medicamento que tomou quando foi infectado por coronavírus em 2020. De acordo com ele, não existe uma medicação clara para quem acabou de contrair a doença. Por fim, Bolsonaro também afirmou que o país pode começar a produzir a própria vacina nos próximos três meses.

Confira a distribuição dos pagamentos

Então, a maior parte dos pagamentos será no valor de R$ 150, beneficiando cerca de 20 milhões de famílias, ou 43% dos contemplados totais. Já outras 16,7 milhões de famílias têm mais de um integrante e vão receber R$ 250. Enfim, a maior cota, de R$ 375, deve ser paga a cerca de 9,3 milhões de mulheres que são as únicas provedoras de suas famílias. Veja um pouco mais a seguir:

  • Auxílio Emergencial de R$ 150: o valor de R$ 150 estudado pelo governo será destinado as famílias cuja composição é de apenas uma única pessoa. Vale lembrar que para este grupo o governo ainda não definiu o valor exato, portanto ele pode liberar outros valores, sendo R$ 125 ou R$ 175.
  • Auxílio Emergencial de R$ 250: novo valor padrão do auxílio emergencial. Esse valor será pago às famílias que possuem dois ou mais membros, com exceção das mães chefes de família que terão direito a um valor maior.
  • Por fim, o Auxílio Emergencial de R$ 375: esse é o maior valor que o governo quer pagar na nova prorrogação. Será destinado exclusivamente às mães chefes de família, e seu valor é 50% maior que o valor padrão.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então é só seguir o Seu Crédito Digital no YouTubeFacebookTwitterInstagram e Twitch. Assim você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos etc. Siga a gente para saber mais!

Imagem: Brenda Rocha – Blossom / Shutterstock.com

Comentários
Carregando...