Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Últimos dias para contestar Auxílio Emergencial negado no Bolsa Família

0

Os beneficiários do Bolsa Família que tiveram o auxílio emergencial extensão de R$ 300 (R$ 600 para mães solteiras) cancelado, bloqueado ou negado podem fazer a contestação para ter o benefício. O prazo para abrir o pedido se iniciou neste domingo (20) e vai até o dia 29 de dezembro. Assim, você deve fazer a revisão do benefício por meio do site da Dataprev (clicando aqui). Para saber mais sobre a contestação e como fazer sua solicitação, continue lendo!

É provável que você também goste:

Projeto no Senado prevê prorrogação do auxílio emergencial até março de 2021

Maior expectativa de vida muda cálculo da aposentadoria em 2021

Guia: Hipercard é bom? Vale a pena?

Em que caso posso contestar o Auxílio Emergencial negado?

Se você está com esse problema, em primeiro lugar, deve saber em que situações pode contestar o Auxílio Emergencial cancelado. Essas contestações valem apenas para casos que tiveram repasses suspensos por cruzamento de contas e informações dos beneficiários com outras bases de dados. 

Então, se você for tido como elegível, mas atende a todos os critérios, você deve entrar no site da Dataprev e pedir a revisão do cancelamento. Importante dizer que o processo será inteiramente virtual, dispensando a necessidade de ir a uma agência da Caixa Econômica Federal ou a um posto de atendimento.

Por que o governo recusou ou cancelou os benefícios?

De acordo com o Ministério da Cidadania, está sendo promovido mensalmente uma espécie de “pente-fino” entre os beneficiários do auxílio emergencial para verificar se eles atendem a todos os requisitos definidos. Dessa forma, quem não se enquadra em um dos critérios é excluído da lista de beneficiários, mesmo tendo recebido alguma parcela.

Assim, o governo explica que a verificação é necessária para garantir que o verdadeiro público-alvo do auxílio emergencial seja atendido. Isso também tem o objetivo de impedir que pessoas que não precisam do benefício recebam a ajuda. Entre as principais situações de fraude estão morte, descoberta de irregularidades ou obtenção de emprego formal durante a concessão do auxílio.

Saiba mais sobre as contestações do Auxílio Emergencial

O prazo de revisão por quem teve o auxílio emergencial cancelado por indícios de irregularidade terminou neste domingo (20). Já para apresentar o requerimento à Dataprev, o prazo começou no último dia 11. Além disso, o Ministério da Cidadania abriu prazo para a contestação de quem teve a extensão do auxílio emergencial indeferido: os pedidos podem ser feitos desde a última quinta-feira (17), e o prazo é até o dia 26.

Por fim, na última sexta-feira (18), acabou o prazo de contestação para os trabalhadores informais e inscritos no CadÚnico que tiveram o auxílio emergencial extensão bloqueado, cancelado ou indeferido. Para essa categoria de beneficiários, o prazo tinha começado no último dia 9. Todas as informações são da Agência Brasil.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o FacebookTwitter e Instagram. Assim você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos etc.

Imagem: rafapress / Shutterstock.com

- Publicidade -

Comentários
Carregando...