O Auxílio Emergencial, medida criada para auxiliar trabalhadores que tiveram sua renda comprometida durante a pandemia, começa a pagar sua terceira parcela nesta quarta-feira (17). Assim, o valor é depositado pelo governo em uma conta digital criada pela Caixa Econômica Federal, e pode ser movimentado especificamente pelo aplicativo Caixa Tem. Entretanto, existem pessoas que estão relatando um problema bem grave: tiveram seu dinheiro roubado do aplicativo Caixa Tem.

Quando consultada, a Caixa respondeu que a área de segurança do banco realiza o monitoramento e mapeamento de ocorrências em colaboração com os órgãos de Segurança Pública para coibir eventuais ocorrências de fraude. Dessa forma, caso o cliente note algum indício de fraude ou perceba que teve seu dinheiro roubado do aplicativo Caixa Tem, deve fazer uma reclamação pessoalmente em qualquer agência da Caixa.

É provável que você também goste:

Beneficiários do Bolsa Família e novos aprovados no auxílio emergencial recebem hoje

Prazo de pagamento de PIS/Pasep e Cofins é prorrogado pelo governo

Startup de pagamento por reconhecimento facial capta R$ 3 milhões em investimentos

Entenda o que fazer se ocorrer a fraude

Após fazer a contestação pessoal em agência, declarando que você teve o dinheiro roubado do aplicativo Caixa Tem, a Caixa vai averiguar a situação. Assim, nos casos em que for confirmada a fraude, esse beneficiário será ressarcido com o mesmo valor que foi roubado. Mas, então, como fazer essa contestação? Basta aparecer em uma agência física da Caixa? Nós explicaremos a seguir.

Em primeiro lugar, o cliente deve registrar Boletim de Ocorrência junto à autoridade policial. Isso é importante para oficializar o caso do dinheiro roubado do aplicativo Caixa Tem. Com o B.O. em mãos, aí sim é hora de abrir o processo de contestação em qualquer agência da Caixa, informando que você teve o dinheiro e sofreu a fraude.

Em seguida, a Caixa fará a análise da contestação e, se preciso, tomará as providências necessárias. De acordo com o banco, o processo é avaliado no menor prazo possível. Além disso, caso confirmada a fraude, os beneficiários que tiveram seu dinheiro roubado do aplicativo Caixa Tem serão devidamente ressarcidos. Por fim, nesse caso, a agência da Caixa entrará em contato com o cliente para fazer o acompanhamento da solicitação e passar mais informações sobre o caso.

Como evitar ter o seu dinheiro roubado do aplicativo Caixa Tem?

Mas, então, como evitar as fraudes e não ter o seu dinheiro roubado do aplicativo Caixa Tem? Segundo a Caixa, “o volume de fraudes é extremamente baixo frente aos volumes envolvidos, estando dentro do nível de segurança planejado para o processo e que tem uma equipe especializada com dedicação exclusiva para monitorar e prover alto nível de segurança para os serviços digitais, sendo atualmente o celular o canal mais seguro para a realização de transações.”

Além disso, a Caixa informou que o maior risco hoje está nos acessos que são realizados pelos próprios usuários. Assim, é possível cair em golpes através de mensagens, sites fraudulentos ou mesmo aplicativos falsos. Por isso, para evitar ter seu dinheiro roubado do aplicativo Caixa Tem, é importante utilizar SEMPRE os canais oficiais da Caixa ou do Governo, verificando sempre sua validade.

Lembre-se que, nos canais oficiais, sempre são pedidos fatores de segurança baseados em informações, como código de verificação, por exemplo. Além disso, a Caixa já esclareceu que NUNCA envia SMS com links para acessar os serviços. Por fim, esteja sempre atento a atividades suspeitas, como pedidos para clicar em links recebidos por SMS, WhatsApp ou redes sociais para acesso a contas e valores a receber. A melhor forma de prevenir-se e não ter seu dinheiro roubado do aplicativo Caixa Tem é a prevenção: desconfie sempre.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem destacada: Brenda Rocha / Shutterstock.com